Bicampeã! Cantando o Maranhão, Acadêmicos do Tatuapé vence o Carnaval de São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 13/02/2018 17h52
PAULO LOPES/ESTADÃO CONTEÚDOQuadra da Acadêmicos do Tatuapé vai ficar pequena com mais um título da Escola

Campeã do Carnaval de São Paulo no ano passado, a Acadêmicos do Tatuapé repetiu o feito garantiu seu bicampeonato em 2018. A escola disparou na 1ª posição isolada na categoria Alegoria e manteve a colocação.

O 2º título da história do Tatuapé foi acirrado e saiu somente na última nota do último jurado no quesito Mestre-Sala e Porta-Bandeira. A escola disputou a vitória com Mocidade Alegre, Mancha Verde e Tom Maior, que ficaram respectivamente em segundo, terceiro e quarto lugar.

Sendo assim, o Desfile das Campeãs de São Paulo, marcado para dia 16 de fevereiro, terá: Acadêmicos do Tatuapé, Mocidade Alegre, Mancha Verde e Tom Maior.

Penalizada durante o desfile por usar uma empilhadeira para arrastar o carro abre-alas, a Independente Tricolor ficou em último lugar na classificação e caiu para o Grupo de Acesso do Carnaval de São Paulo. A Unidos do Peruche ficou na penúltima colocação e também foi rebaixada. 

Desfile Campeão

Quinta escola a entrar no sambódromo do Anhembi na madrugada de sábado (10), a agremiação da Zona Leste levantou a torcida com o enredo “Maranhão, os Tambores vão Ecoar na Terra da Encantaria” e surpreendeu ao colocar a bateria para tocar reggae.

O samba-enredo da escola destacou a riqueza cultural e as belezas naturais do segundo maior estado nordestino. Da música, à culinária, passando pela história, lendas populares e religiosidade do seu povo.

A bateria abusou das paradinhas ao longo do desfile e mostrou que todos os componentes da escola estavam em total sintonia com o samba.

Relembre o desfile da Acadêmicos do Tatuapé em imagens