Vivenciando os dias de folia do Carnaval 2016, quem gosta da esta pode esperar o Bloco Chega Mais para animar o pós-Carnaval. Um dos destaques, ele desfila no próximo domingo (14) em São Paulo. Rodrigo Bueno, um dos fundadores do bloco, contou à repórter Cris Santos, da Jovem Pan, quais são os planos para fechar o Carnaval paulista.

De acordo com ele, o bloco nasceu de uma conversa de bar. “Entre seis amigos que faziam uma oficina de percussão juntos”, explicou. “E a gente estava falando como gostaria de tocar outras músicas além daquelas que a gente tocava com o nosso grupo. Ao falar sobre isso, a gente falou sobre a ideia de montar um bloco”.

Com uma brincadeira no Facebook, apareceu o nome “Chega Mais”, junto com a ideia de abrir o repertório com a música homônima da Rita Lee. Por consequência, a iniciativa de tocar músicas dos anos 1980, período rico para o rock brasileiro e para a MPB. “Eu acho que a gente toca muito hit, porque os anos 1980 inteiros foram inteiros feitos de hits. O DJ começa a tocar rock brasileiro e todo mundo vai para a pista”, exemplificou Rodrigo.

Para ele, a parte mais gratificante de ter o bloco é “ver o povo paulistano reconquistando a cidade”. “Fazendo parte em tão pouco tempo de uma festa tão democrática”, destacou Bueno sobre o crescimento dos blocos de rua.

No domingo, a concentração acontece na esquina da Rua Mourato Coelho com a Inácio Pereira da Rocha, com início marcado para às 9h. Para o bloco, Rodrigo ainda garante: "o show pega fogo".