Antonio Augusto Amaral de Carvalho, o Tuta, e Nilton Travesso trazem no quadro “Dois Diretores em Cena” o depoimento de Carlos Alberto de Nóbrega sobre o início de sua carreira e do surgimento do programa “A Praça da Alegria”, que originou “A Praça é Nossa”, sucesso até hoje, com um desfile de personagens que se confundem com a história da televisão brasileira.

“Poucos sabem, mas comecei na televisão antes do meu pai (Manoel de Nóbrega). Ele estava na Argentina, quando eu tive que fazer um humorístico e... foi péssimo. Quando meu pai voltou de Buenos Aires, trouxe uma ideia: durante a viagem, ele via, da janela do hotel, uma praça onde, todos os dias, na mesma hora, um homem pegava o jornal, sentava num banco e, enquanto lia, vários conhecidos vinham conversar com ele”.

Ouça o depoimento completo e conheça os detalhes dessa história saborosa dos bastidores da TV.