0:00
0:00

Ferreira Gullar militava forte contra o PT, relembra poeta Felipe Fortuna

  • Por Jovem Pan
  • 04/12/2016 13h37
Fernando Frazão/Agência BrasilFernando Frazão/Agência BrasilFerreira Gullar - Agência Brasil

Morreu neste domingo (4) o poeta, escritor, jornalista e teatrólogo Ferreira Gullar. Com 86 anos, o membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) faleceu devido a problemas pulmonares. Segundo o poeta Felipe Fortuna, Gullar vivia um momento político intenso.

“É verdade que nos últimos anos o Gullar manteve na coluna dele uma militância muito forte contrária ao governo do PT. Ele, na verdade, tentava equilibrar essa militância com outros assuntos que ele ficou muito obcecado. Ele falava muito dos gatos que ele tinha e muito sobre a questão de a vida não bastar. Que a arte existe porque a vida não bastava”, disse Fortuna.

Segundo o poeta, a última vez que ele viu Gullar, encontrou-o em um momento muito bom da vida com bastante reconhecimento por tudo que fez.

“Encontrei um Gullar muito estável, pra falar a verdade, vivendo um grande momento em que ele estava sendo muito reconhecido por meio de prêmios literários e de elogios de pessoas que apreciavam sua obra, a sua vida. E também a campanha que acabou o Gullar, depois de muita insistência de amigos, à ABL”, contou.

Confira no áudio acima a entrevista completa do poeta Felipe Fortuna.