0:00
0:00

Arlindo Cruz segue em estado grave; filho agradece orações e diz: “logo voltará”

  • Por Jovem Pan com Estadão Conteúdo
  • 18/03/2017 13h05
Reprodução/FacebookArlindo Cruz está em estado grave

O cantor e compositor Arlindo Cruz, de 58 anos, continua internado em estado grave, no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) da Casa de Saúde São José, no Humaitá, zona sul do Rio, na manhã deste sábado (18). Arlindo passou por uma cirurgia na noite desta sexta-feira (17), quando foi instalado um cateter cerebral, com o objetivo de monitorar sua pressão intracraniana.

Segundo a sua assessoria, o procedimento foi realizado com sucesso. A equipe médica da unidade trabalha agora para a manutenção da sedação e para o controle da pressão intracraniana do cantor, para preservar o fluxo sanguíneo cerebral. Após isto, de acordo com a assessoria, a sedação deverá ser gradativamente retirada para reavaliação do quadro neurológico de Arlindo.

O compositor passou mal em sua casa, no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio, na noite de sexta. Ele foi resgatado pela ambulância dos bombeiros, e inicialmente levado para a Coordenação de Emergência Regional (CER), na Barra da Tijuca. Por meio de exame de tomografia computadorizada cerebral, a equipe medica diagnosticou um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico. Após o quadro ter sido estabilizado, o cantor foi transferido para a Casa de Saúde São José.

Segundo a assessoria, embora o estado se saúde do cantor seja grave, ele está estável e todos os procedimentos planejados foram realizados com sucesso. Arlindo teria um show nesta sexta-feira em Osasco, na Grande São Paulo, que foi desmarcado em função do problema de saúde.

Arlindo Neto, filho do cantor e compositor Arlindo Cruz, agradeceu as orações dos fãs em suas redes sociais e avisou que em breve seu pai estará de volta à ativa. “As orações estão adiantando e muito, vamos nessa corrente do bem, logo ele voltará”, publicou Arlindinho.

Carreira: 

Arlindo Cruz é um dos sambistas mais famosos do Brasil. Autor de clássicos como “Bagaço da Laranja”, “Só pra Contrariar” e “Seja Sambista Também”, durante 12 anos ele integrou o grupo Fundo de Quintal. Entrou em 1981, quando Jorge Aragão deixou o grupo, e permaneceu até 1993. Depois fez dupla com Sombrinha, e nos últimos anos segue carreira solo.

Torcedor fanático do Império Serrano, Arlindo também é compositor de samba-enredo. Ganhou sete concursos na escola da Serrinha (zona norte do Rio), entre 1996 e 2007, e compôs ainda para outras agremiações. Na TV, Arlindo costuma participar das temporadas do programa “Esquenta”, apresentado por Regina Casé na Globo.