0:00
0:00

“Estou pronto para morrer”, disse Leonard Cohen em entrevista

  • Por Estadão Conteúdo
  • 11/11/2016 09h56
EFEEFEEstou pronto para morrer

“Estou pronto para morrer. Espero que não seja muito desconfortável”, disse Leonard Cohen um mês antes de sua morte.

Em outubro, em entrevista à revista The New Yorker, Leonard Cohen, que morreu nesta quinta-feira, 10, não se mostrou assustado com a possibilidade de morrer.

À publicação, o músico, afirmou que era uma pessoa obcecada com organização. Ele também falou sobre os vários poemas e composições inacabadas e inéditos que gostaria de concluir, mas não se mostrava muito esperançoso, já que deveria morrer em breve.

“Não acho que conseguirei acabar essas músicas. Talvez eu tenha uma segunda chance, não sei. Estou pronto para morrer. Espero que não seja muito desconfortável. Para mim, é isso”, revelou. 

Na entrevista, Cohen celebrou estar menos distraído do que em outros momentos da vida, quando tinha preocupações como o sustento, a vida conjugal e os deveres paternos, o que em consequência permitia que ele se concentrasse mais no seu trabalho.