Polícia alemã recupera objetos de John Lennon que foram roubados

  • Por Agência EFE
  • 21/11/2017 08h44

John Lennon ajudou a popularizar o rock com os BeatlesReprodução/FacebookUm óculos e diários do músico foram recuperados de um homem de 58 anos

O Ministério Público de Berlim informou na última segunda-feira (20) da detenção na capital alemã de um homem suspeito de tentar comercializar “valiosos” objetos pessoais de John Lennon roubados em 2006 da sua viúva Yoko Ono em Nova York.

Em comunicado divulgado pela polícia e pela procuradoria, o porta-voz do Ministério Público de Berlim, Martin Steltner, explicou que os objetos, entre os quais há óculos de Lennon e vários diários escritos pelo músico britânico, foram detectados em Berlim em 2014 e confiscados, embora a detenção do suspeito não tenha acontecido até hoje.

O homem, de 58 anos, é investigado por fraude e receptação e há um segundo suspeito que se encontra na Turquia e não pode ser detido por enquanto, acrescentou Steltner.

O porta-voz disse ainda que a investigação segue em curso, razão pela qual os objetos confiscados seguirão em poder das autoridades de Berlim.