Muito emocionado, o empresário e dono do SBT, Silvio Santos deu um "selinho" na amiga e disse que "Hebe vai fazer muita falta, principalmente no Teleton". Em seguida, convocou "os brasileiros" a contribuírem. "Para as pessoas que estão chorando neste momento: prestem uma homenagem para Hebe doando [dinheiro] ao Teleton".

O cantor Fábio Júnior foi ao velório logo após uma apresentação. "Fiz um show para ela. Se estivesse no meu camarim, ela diria: “faz um show lindo de viver”. O artista ressaltou que a apresentadora, além de amigam “era uma conselheira. Quando estava numa situação ruim, ela diria: 'Fabinho, presta atenção!'".

Para o humorista Tom Cavalcante, Hebe permanecerá para ele como uma “mulher corajosa e independente”. A frase dela que fica é: ‘Vamos comemorar a vida, Tom’.“

Os apresentadores Ronnie Von, Carlos Alberto de Nóbrega, Otávio Mesquita, Celso Portiolli e Silvia Popovic prestaram tributos à colega. Silvia afirmou: "Ela ensinou nossa geração a fazer uma TV mais humana".

Também foram se despedir da apresentadora o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, o prefeito da capital, Gilberto Kassab, e os candidatos à prefeitura Gabriel Chalita e José Serra, além da ministra da Cultura, Marta Suplicy, e do senador Eduardo Suplicy.

O corpo da apresentadora – um dos ícones da televisão brasileira chegou ao local do velório por volta das 19h deste sábado. O velório seguiu durante toda a noite deste sábado, a madrugada deste domingo, 30, e se estenderá até às 08h10, horário em que os portões do Palácio dos Bandeirantes se fecharão ao público. O sepultamento acontecerá no cemitério Gethsemani, afirmam funcionários do local e o governo do Estado de São Paulo.

Segundo a assessoria do Palácio dos Bandeirantes, o enterro está marcado para 10h30 (em princípio, seria às 9h30). Às 08h30, está prevista uma missa no salão nobre da sede do governo de São Paulo, a ser celebrada pelo Padre Marcelo Rossi.