Londres, 6 mar (EFE).- O Brasil é o primeiro destino eleito pelos profissionais britânicos para participar de projetos de cooperação e voluntariado, segundo afirmou nesta terça-feira uma das principais agências do mundo em gestão de intercâmbios no estrangeiro, Projects Abroad.

O diretor dessa organização, Peter Slowe, disse que o Brasil, considerado a sexta economia do mundo, oferece muitas vantagens frente a outros países emergentes.

"Ao contrário da China, o Brasil é uma democracia, o que é muito mais atrativo tanto para os investidores quanto para os voluntários", declarou em comunicado.

"Além disso - ele acrescentou - o país é politicamente estável e não é provável que surja uma agitação civil duradoura".

Segundo Slowe, os profissionais britânicos, como professores, engenheiros ou enfermeiras, costumam escolher economias emergentes para fazer voluntariado porque permitem aplicar seus conhecimentos enquanto aprendem em um cenário de transformação.

"Muitos de nossos voluntários trabalham em projetos que fomentam o desenvolvimento do Brasil de forma ecológica", disse o responsável por Projects Abroad.

O Brasil desbancou o Reino Unido em dezembro como sexta economia do mundo em uma lista elaborada pelo britânico Centro de Pesquisa para Economia e Negócios, atrás dos Estados Unidos, China, Japão, Alemanha e França. EFE