0:00
0:00

Moda e quase anonimato: por onde andam as gêmeas Mary-Kate e Ashley Olsen?

  • Por Jovem Pan
  • 13/10/2017 10h16

Reprodução

Mary-Kate e Ashley Olsen em "No Pique de Nova York"Lembra dos filmes das irmãs?

Se você cresceu nos anos 90/2000, certamente já assistiu algum dos filmes das gêmeas Olsen. Mary-Kate e Ashley, que completam 31 anos nesta sexta-feira (13), se tornaram as queridinhas do cinema e engataram uma série de filmes de sucesso durante a infância e adolescência. 

As duas ganharam destaque quando ainda eram crianças em “Full House”, onde se revezavam no papel de Michelle e, daí, estouraram. “As Namoradas do Papai” (2005), “Passaporte Para Paris” (1999), “Confusão na Austrália” (2000), “Férias em Roma” (2002) e “No Pique de Nova York” (2004) foram alguns dos filmes que estrelaram e eram sucesso nos anos 90 e 2000 – mas foram também seus últimos trabalhos como atriz. 

A última aparição de Mary Kate no cinema foi no filme “A Fera”, de 2011. Já Ashley fez uma pequena participação como ela mesma no vídeo “30 Seconds to Mars: City Of Angels”, em 2013, e largou a carreira de atriz.

Desde então, as gêmeas passaram a se dedicar à moda e adotaram uma vida discreta, longe dos holofotes e assédio dos paparazzi.

 

Vida na moda (amores e rumores)

Em 2006, as gêmeas decidiram transformar seu amor pela moda em um negócio. Juntas, elas lançaram a marca The Row e é na empresa que concentram todo o seu tempo.

Envolvidas em todo o processo da marca – desde a criação até o marketing da empresa -, Mary-Kate e Ashley deixaram a carreira de atriz para trás de vez e passaram a ser reconhecidas como empresárias de sucesso.

A The Row, inclusive, foi reconhecida com prêmios importantes no mundo da moda. A grife já recebeu 3 troféus do Conselho de Designers de Moda da América e foi nomeada a “Inovadora Fashion” do ano de 2012 pelo Wall Street Journal.

O tempo longe das câmeras deu à Mary-Kate um novo amor: o empresário e banqueiro francês Olivier Sarkozy – que é 17 anos mais velho que ela. Os dois se conheceram em 2012 e se casaram em uma cerimônia secreta em 2015.

Já Ashley nunca confirmou publicamente nenhum relacionamento. Em 2016, rumores circularam de que ela estava namorando o artista plástico americano George Condo – que era 29 anos mais velho que ela.

E desde que abandonaram o cinema, um assunto é recorrente quando as duas aparecem em público: a aparência das duas. Mary-Kate e Ashley nunca confirmaram nada, mas publicações internacionais afirmam que as duas passaram por momentos difíceis de saúde, o que as deixou “abatidas”. Ashley teria sido diagnosticada com a doença de Lyme e Mary-Kate teria sido internada durante a adolescência com um caso grave de anorexia.

 

Elas vão voltar a atuar?

Para a tristeza dos fãs que acompanharam as gêmeas nas telas de TV e cinema, as duas não planejam retomar a vida de atriz e já deixaram isso claro quando foram chamadas (mais de uma vez) para reprisar o papel de Michelle no revival de “Full House”.

Ashley revelou que o motivo para não voltar é simples: “a última vez em que atuou foi aos 17 anos e ela não se sente mais confortável trabalhando como atriz”, disse a revista People.

Já Mary-Kate teve que recusar o convite para reaparecer na série por conta de sua agenda. “O timing era muito ruim”, confirmou a publicação.

Ou seja, a prioridade das duas realmente é a moda e a The Row.

 

O legado continua

Apesar de Mary-Kate e Ashley terem deixado o cinema, as telas ganharam outra irmã Olsen: Elizabeth.

A atriz, que é a Feiticeira Escarlate nos filmes dos “Vingadores” e em seus derivados, está despontando e ainda vai seguir na carreira de atriz por muito tempo. 

Além disso, Elizabeth é bem parecida com as irmãs Mary-Kate e Ashley – dá até pra enganar as saudades de ver as gêmeas no cinema.