0:00
0:00

Ridley Scott substituirá Kevin Spacey por outro ator em filme já concluído

  • Por Agência EFE
  • 09/11/2017 08h59
ReproduçãoKevin Spacey em Baby DriverO ator vem perdendo seus trabalhos após acusações de abuso sexual contra homens

O cineasta Ridley Scott decidiu eliminar Kevin Spacey de seu próximo filme, ” All the Money in the World”, com estreia marcada para 22 de dezembro, e substitui-lo pelo veterano Christopher Plummer, que rodará suas cenas nas próximas duas semanas.

Segundo informou o blog especializado “Deadline”, Scott e o estúdio Sony tomaram essa drástica decisão com o objetivo de que a produção não tenha sua estreia afetada, uma vez que corria o risco ser atrasada pelo escândalo de assédio e abusos sexuais que rodeia Spacey.

O ator encarnava no filme o multimilionário John Paul Getty, um papel coadjuvante e breve, mas decisivo na trama, do qual agora se encarregará Plummer.

O estúdio Sony tinha orquestrado uma forte campanha para o Oscar com Spacey como candidato dentro da categoria de melhor ator coadjuvante, mas, segundo informou recentemente a revista “Variety”, esses planos foram deixados de lado assim que foram divulgadas as acusações contra o ator.

Mark Wahlberg e Michelle Williams, os protagonistas de “All the Money in the World”, também estarão envolvidos na filmagem destas novas cenas.

Segundo fontes consultadas pela publicação, a manobra é plausível já que muitas das cenas do personagem de Getty são individuais.

Nesta segunda-feira, os responsáveis pelo filme decidiram cancelar sua estreia prevista no festival AFI de Los Angeles, onde foi o filme selecionado para encerrar o evento.

No entanto, o estúdio Sony optou por retirá-lo, já que não queria que a polêmica em torno de Spacey atrapalhasse o lançamento da produção e o trabalho do resto da equipe.

O longa-metragem, baseado em fatos reais, narra o rapto do neto do magnata John Paul Getty.

Esta nova decisão prolonga o grande escândalo que rodeia Spacey, ganhador de dois Oscar, cuja carreira e reputação estão na corda bamba após as graves revelações de agressão sexual divulgadas contra o ator.