0:00
0:00

William Waack é afastado do “Jornal da Globo” após vídeo com comentário racista

  • Por Jovem Pan
  • 09/11/2017 09h18
DivulgaçãoWilliam Waack jornalistaVídeo mostrou o apresentador afirmando que "é coisa de preto", após norte-americano buzinar em frente ao estúdio da Globo em Washington

Após as acusações de racismo contra William Waack, a Rede Globo decidiu, na noite da última quarta-feira (8), afastar o jornalista do comando do “Jornal da Globo”.

A emissora disse ser contra qualquer tipo de manifestação racial e que o veterano de 65 anos ficará longe de suas atividades até que a situação seja esclarecida.

“A Globo é visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações. Nenhuma circunstância pode servir de atenuante. Diante disso, a Globo está afastando o apresentador William Waack de suas funções em decorrência do vídeo que passou hoje a circular na internet, até que a situação esteja esclarecida”, informou.

No vídeo que circula pela internet, Waack se preparava para uma entrevista durante a cobertura das eleições norte-americanas do ano passado, quando alguém na rua começa a disparar uma buzina. Contrariado, o jornalista xinga a pessoa e depois solta o comentário racista.

“Tá buzinando por quê, seu merda do cacete? Não vou nem falar porque eu sei quem é”, disse. “É preto. É coisa de preto”, completou, deixando o convidado constrangido.

  • Tags: