0:00
0:00

Após queda na Liga dos Campeões, Sevilla leva 3 a 1 do Atlético de Madrid

  • Por Estadão Conteúdo
  • 19/03/2017 15h21
EFEEFEJogadores do Atlético de Madrid comemoram o gol de Koke marcado no triunfo sobre o Sevilla

A dolorosa eliminação na Liga dos Campeões ainda pesa sobre o Sevilla. Cinco dias após cair diante do Leicester City nas oitavas de final, o time comandado por Jorge Sampaoli levou um passeio do Atlético de Madrid neste domingo, fora de casa. Os anfitriões ganharam por 3 a 1 e esquentaram a briga pelo terceiro lugar do Campeonato Espanhol.

O Atlético se aproximou do Sevilla na tabela, ao chegar aos 55 pontos, apenas dois a menos que o rival, atual terceiro colocado A briga pela posição não é por acaso. Somente os três primeiros colocados do Espanhol entram direto na fase de grupos da Liga dos Campeões. A liderança da tabela é do Real Madrid, com 65 pontos, contra 60 do Barcelona, que enfrenta o Valencia ainda neste domingo.

Foi o quarto jogo do Sevilla sem vitória, o terceiro só no Espanhol, o que explica a queda recente da equipe, que chegou a entrar na briga pelo título com Real e Barça. Nas últimas rodadas, contudo, o time de Sampaoli caiu de rendimento e agora já pode até perder a vaga direta na Liga dos Campeões.

Neste domingo, o Atlético controlou a partida do início ao fim. E os três gols até saíram barato para os visitantes, em dia inspirado do atacante francês Griezmann. A contagem foi aberta aos 37 minutos, com gol de cabeça de Godín, após cobrança de falta de Griezmann na área.

No segundo tempo, o francês desperdiçou duas grandes chances antes de deixar sua marca aos 16 minutos. Ele chutou forte em cobrança de falta e a bola acertou o travessão antes de entrar. O terceiro gol veio aos 32, em jogada de Carrasco e finalização de Koke.

O Sevilla descontou aos 40 minutos do segundo tempo, com gol de Joaquin Correa. Mas já era tarde para sonhar com o empate.

Mais cedo, Leganés e Málaga empataram sem gols. Os dois times brigam para se afastar da zona de rebaixamento. O Leganés ocupa o 17º, justamente na beira da zona da degola, com 26 pontos. O Málaga tem um ponto a mais e aparece em 16º.