0:00
0:00

Carli Lloyd bate Marta e é novamente a melhor do mundo

  • Por EFE
  • 09/01/2017 17h10
Divulgação FIFADivulgação FIFANorte-americana Cali Lloyd recebe o prêmio de melhor jogadora do mundo pela segunda vez

Nem Marta, eleita cinco vezes, nem Melanie Behringer, campeã olímpica pela seleção alemã. A melhor jogadora do mundo pela segunda vez seguida é a norte-americana Cali Lloyd, agraciada em cerimônia de gala realizada pela Fifa em Zurique nesta segunda-feira.

O fracasso dos Estados Unidos, nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em que caíram nas quartas de final diante da Suécia, não impediram Lloyd de obter o bi. O responsável por entregar o troféu foi o ex-atacante Gabriel Batistuta, segundo maior artilheiro da história da seleção argentina, atrás de Lionel Messi.

Marta, que foi a vencedora de 2006 a 2010, pôde comemorar a volta ao prêmio, após a ausência no ano passado, mas adiou em mais um ano a conquista do “hexa”.