0:00
0:00

Contusão de Walter é grave e goleiro desfalca o Corinthians por quatro meses

  • Por Estadão Conteúdo
  • 10/11/2017 17h30

Agência Corinthians

Walter deve voltar a jogar apenas jogar entre fevereiro ou março, durante o Campeonato Paulista

O Corinthians divulgou nesta sexta-feira (10) o resultado do exame do goleiro Walter e, como imaginado, a contusão é grave. Ele sofreu um arrancamento do tendão adutor da coxa direita e, segundo o médico do clube Ivan Grava, a previsão é que ele retorne aos gramados entre três e quatro meses.

“O Walter sofreu um arrancamento do tendão adutor e vai passar por cirurgia na próxima terça-feira”, disse o médico, em entrevista coletiva concedida no CT Joaquim Grava. A cirurgia não pode ser realizada antes, por causa do edema no local.

Com a decisão, o goleiro vai tratar durante as férias e passará por um trabalho especial para conseguir se recuperar e estar apto o quanto antes. A tendência é que ele tenha condições de jogar entre fevereiro ou março, durante o Campeonato Paulista.

Com a lesão, o futuro do goleiro também passa a ser uma incógnita. Ele está nos planos do São Paulo para a próxima temporada, mas o problema pode fazer com que o negócio não vá adiante.

Sem Walter, o técnico Fábio Carille vai escalar o jovem Caíque França, de 22 anos, para as partidas contra o Avaí e Fluminense. O clube espera pela volta de Cássio da Seleção Brasileira, mas o retorno do goleiro é pouco provável e depende de uma “maratona” entre Londres e São Paulo.