0:00
0:00

Assista ao vivo

Felipe Melo alega assédio moral e notifica Palmeiras para ser reintegrado

  • Por Jovem Pan
  • 10/08/2017 18h30
Divulgação PalmeirasFelipe Melo alega que não está tendo os mesmos direitos que seus companheiros

A passagem de Felipe Melo no Palmeiras pode chegar ao fim em breve. Nesta quinta-feira (10), advogados do volante encaminharam uma notificação ao clube solicitando o seu retorno às atividades normais, de acordo com o estafe do próprio jogador. A princípio, Felipe Melo estaria tentando ser reintegrado ao elenco, mas segundo apurou o repórter da Jovem Pan, Fredy Júnior, a notificação seria uma estratégia para pôr fim ao contrato entre as partes.

O volante alega que teria sofrido assédio moral ao ser afastado pelo técnico Cuca e ter que treinar em horários alternativos. Em seu entendimento, ele não estaria tendo os mesmos direitos que os demais companheiros e isso poderia atrapalhar seu desempenho quando voltar a jogar. As leis trabalhistas determinam que todos os empregados devem receber tratamento e ter condições iguais de trabalho.

Caso o pedido do volante não seja atendido, o Palmeiras pode ser acionado na Justiça e o contrato ser rescindido, deixando o atleta livre para seguir sua carreira, sem o pagamento de multa. Ainda de acordo com informações de Fredy Júnior, o Palmeiras já está ciente do pedido extrajudicial feito pelo volante, mas ainda não se manifestou. O clube deve se posicionar nesta sexta-feira (11).