Com uma atuação inspirada de Neymar, o Barcelona fez a sua parte e goleou o Las Palmas por 4 a 1 neste domingo (14), fora de casa, pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Espanhol. O problema é que o Real Madrid tinha o atacante português Cristiano Ronaldo em grande dia e passou pelo Sevilla, em casa, pelo mesmo placar do arquirrival.

Os resultados mantêm o Barcelona na liderança da competição, com os mesmos 85 pontos do Real Madrid. O time de Cristiano Ronaldo, no entanto, está com um jogo a menos e tem a oportunidade de abrir vantagem em duelo desta quarta-feira contra o Celta, fora de casa.

A única certeza é que a competição será definida na última rodada, no próximo domingo. Mesmo que o Real Madrid vença o jogo no meio da semana, o Barcelona terá a possibilidade ainda de igualar a pontuação e, como leva vantagem no confronto direto, garantiria a taça. Na última rodada da competição, o time catalão receberá o Eibar e o Real Madrid visitará o Málaga.

Neste domingo, o Barcelona começou pressionando e abriu o placar aos 24 minutos com Neymar. Busquets deu para Iniesta de calcanhar, que lançou para Suárez. O uruguaio avançou e, na saída do goleiro, rolou para o brasileiro abrir o marcador. Dois minutos depois, Neymar retribuiu o presente e deu para Suárez ampliar.

O Las Palmas descontou com o zagueiro Bigas. Mas Neymar estava inspirado e sacramentou a goleada. Aos 21 minutos, Rakitic cruzou da direita e o brasileiro completou de cabeça. Três minutos depois, Alba deixou Neymar na cara do gol e ele fechou o placar com um leve toque sob o goleiro.

Enquanto o Barcelona teve vida fácil contra o Las Palmas, o Real Madrid sofreu para conseguir vencer o Sevilla. Apesar de o placar ter sido elástico, o time de Cristiano Ronaldo levou pressão e o adversário teve chances para igualar o marcador.

O Real Madrid ainda saiu na frente com um gol bastante polêmico. Aos nove minutos, enquanto os jogadores do Sevilla reclamavam com o árbitro de uma falta próxima a área, Nacho bateu e marcou. O juiz validou o gol, pois os atletas adversários não armaram a barreira.

A partida seguiu equilibrada e Cristiano Ronaldo ampliou aos 22 minutos. Asensio puxou contra-ataque e tocou para James Rodríguez, que chutou. O goleiro espalmou e, no rebote, sozinho, Cristiano Ronaldo marcou seu 400.º gol pelo Real Madrid.

O Sevilla foi para cima e Keylor Navas fechou o gol. Os visitantes, de tanto pressionar, conseguiram reduzir o placar aos quatro minutos do segundo tempo em chute cruzado de Montenegrino. Mas do outro lado tinha Cristiano Ronaldo em grande dia. Aos 33, ele recebeu cruzamento e mandou uma bomba indefensável no ângulo. Kroos fechou a conta em contra-ataque.

Outros jogos

O Sporting Gijón venceu o Eibar por 1 a 0, fora de casa, mas foi rebaixado para a segunda divisão. Burgui marcou o gol da vitória que levou o time visitante aos 30 pontos, mas na 18.ª colocação.

O rebaixamento foi sacramentado graças ao empate sem gols do La Coruña com o Villarreal. O time de La Coruña foi a 33 pontos, em 17º, e leva vantagem sobre o adversário nos critérios de desempate. O Villarreal está em quinto lugar, com 64.

A Real Sociedad ficou no 2 a 2 com o Málaga em casa e desperdiçou a oportunidade de entrar para a zona de classificação da Liga Europa. O time anfitrião está em sétimo lugar com 63 pontos, enquanto que o Málaga é o 11º, com 46.

Quem está em sexto e, com vaga provisória na Liga Europa, é o Athletic Bilbao, que vacilou em casa e ficou no 1 a 1 com o Leganés. O empate deixou o time anfitrião com 63 pontos. O visitante está em 16º, com 34.

Garantido na terceira colocação, com vaga direta à fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa, o Atlético de Madrid também ficou no 1 a 1 com o Betis, fora de casa. O resultado levou o time visitante aos 75 pontos. O Betis é o 15º, com 38.

Em duelo na parte intermediária da tabela de classificação, o Alavés venceu o Celta por 3 a 1, em casa. O brasileiro Deyverson marcou o terceiro gol da vitória e levou a sua equipe aos 54 pontos, na nona colocação. Os visitantes estão em 13º, com 44.