Em seu primeiro jogo após a demissão do técnico Claudio Ranieri, o combalido Leicester surpreendeu o Liverpool nesta segunda-feira e venceu por 3 a 1, pela 26ª do Campeonato Inglês. Diante de sua torcida, o Leicester encerrou um jejum de seis derrotas consecutivas - o time não vencia no Inglês desde o dia 31 de dezembro.

O triunfo vem em boa hora para os atuais campeões ingleses, que vivem situação inusitada poucos meses após o título. O Leicester vive risco de rebaixamento e, graças ao triunfo desta segunda, deixou a zona da degola. Tem agora 24 pontos e ocupa o 15º posto da tabela. Já o Liverpool segue com 49, na quinta colocação, fora da zona de classificação para a próxima Liga dos Campeões.

Antes e durante do jogo desta segunda, o estádio King Power contou com manifestações de torcedores contra a demissão de Ranieri, anunciada na quinta-feira passada. Cartazes com mensagens de apoio e até máscaras do técnico eram exibidas por fãs nas arquibancadas para lamentar sua saída. Contra o Liverpool, o time foi comandado por Craig Shakespeare e Mike Stowell de forma interina. 

Com a bola rolando, o Leicester mostrou que Ranieri faz pouca falta à equipe. Logo nos primeiros minutos de jogo o time da casa já se impunha em campo, com uma boa chance de gol, aos 6 minutos. Mignolet evitou o gol dos atuais campeões ingleses. 

O goleiro do Liverpool também mostrou serviço aos 19, em uma grande chance perdida por Vardy. Bem colocado na pequena área, Mignolet fechou o ângulo e salvou novamente o Liverpool.

Mas o goleiro nada pôde fazer para evitar o gol de Vardy aos 27 minutos de jogo. Sem marcação, o atacante recebeu lançamento pela direita, invadiu a área e bateu na saída de Mignolet. Foi o primeiro gol do Leicester neste ano pelo Campeonato Inglês. O time vinha de seis derrotas seguidas em 2017 e sem marcar sequer um gol.

Embalado, o Leicester ampliou antes do intervalo. Após levantamento na área, Drinkwater acertou lindo chute de fora da área e não deu chances ao goleiro do Liverpool, aos 38 minutos.

No segundo tempo, o Liverpool seguia envolvido pelo Leicester. Os visitantes até tinham boa presença no meio-campo, porém sem poder ofensivo real. Mané, maior esperança de gols da equipe, tinha atuação discreta, assim como Roberto Firmino. Lucas e Philippe Coutinho também foram titulares.

Mais perigoso no ataque, o Leicester anotou o terceiro aos 14 minutos. Fuchs cruzou da esquerda e Vardy subiu mais que os marcadores para escorar de cabeça para as redes. Com 3 a 0 no placar, o time anfitrião praticamente definiu a vitória.

Mas, na sequência, o Liverpool conseguiu ao menos marcar o gol de honra. Foi aos 22 minutos, quando Emre Can deu assistência para chute rasteiro de Coutinho no canto. Nos minutos finais, o compatriota Lucas quase anotou o segundo, em cabeçada perigosa, para fora, na última boa chance do Liverpool na partida.

Na próxima rodada, o Liverpool fará o clássico com o Arsenal, no sábado, no Anfield Road. Já o Leicester vai receber o Hull City, no mesmo dia, diante de sua torcida.