O técnico Jürgen Klopp decidiu mexer na equipe do Liverpool e deixou os brasileiros Philippe Coutinho e Roberto Firmino no banco diante do Stoke City, neste sábado, fora de casa. Sem eles, os donos da casa foram melhores e abriram o placar. No intervalo, então, Coutinho e Firmino foram colocados em campo, marcaram um gol cada um e definiram o triunfo por 2 a 1, de virada, pelo Campeonato Inglês.

O resultado manteve o Liverpool na terceira colocação com 63 pontos, dois a mais que o Manchester City, que tem uma partida a menos, na luta por uma vaga direta na fase de grupos da próxima Liga dos Campeões. Já o Stoke é somente o 13º, com 36 pontos, sem grandes pretensões no campeonato.

Com uma escalação bastante modificada, Klopp viu o Stoke dominar o primeiro tempo neste sábado. Aos 31 minutos, Arnautovic finalizou com perigo de dentro da área. Já aos 43, o time da casa abriu o placar, quando Shaqiri fez boa jogada e cruzou na cabeça de Walters, que finalizou para a rede.

Precisando da vitória, o técnico alemão colocou os brasileiros em campo e mudou a partida, que ficou mais aberta. Aos sete minutos, o Stoke quase fez o segundo em vacilo de Wijnaldum, que deixou quatro jogadores de frente para Mignolet. Mas o goleiro se virou, contou com o erro dos adversários e fez grande defesa.

Aos 14, Lovren respondeu e acertou o travessão. O Liverpool cresceu na partida e buscou o empate aos 24. Após levantamento para a área, a defesa do Stoke afastou mal e Philippe Coutinho apareceu na marca do pênalti para finalizar para a rede.

De artilheiro, o meia virou garçom em um golaço assinado por Roberto Firmino somente dois minutos depois. Coutinho deu lançamento perfeito do campo de defesa e encontrou o atacante brasileiro em velocidade para ajeitar com o peito e encher o pé da meia-lua, sem chances para o goleiro.

No domingo da semana que vem, o Liverpool volta a campo para encarar o West Bromwich, fora de casa. Já o Stoke, que vem de quatro derrotas seguidas, tentará a recuperação contra o Hull City no próximo sábado, em casa.

CITY VENCE - Na cola do Liverpool na tabela, o quarto colocado Manchester City também fez sua parte neste sábado e levou a melhor sobre o Hull City, ao vencer por 3 a 1, em casa. Por outro lado, os visitantes vivem situação complicada, na 17.ª colocação, com 30 pontos, a somente dois da zona de rebaixamento

Como era de se esperar, o City foi amplamente superior no confronto deste sábado, mas pecou nas finalizações nos primeiros minutos. Sané chegou a perder oportunidade na pequena área, após rebote em finalização de David Silva. A equipe, então, contou com a ajuda de El Mohamady, que tocou contra o próprio gol aos 30 minutos, após cruzamento da direita.

Com a vantagem, os donos da casa voltaram melhores para o segundo tempo e não demoraram para ampliar a vantagem. Com dois minutos, Sterling fez grande jogada pela direita, passou pela marcação e cruzou para Agüero marcar.

Mesmo sem forçar muito, o City ainda marcou o terceiro antes aos 18 minutos, quando Delph aproveitou outra boa jogada de Sterling para encher o pé da entrada da área. No fim, Ranocchia descontou para o Hull aos 39, com colaboração de Claudio Bravo, mas ficou nisso.

OUTROS RESULTADOS - Em outras partidas encerradas neste sábado pelo Inglês, destaque para o West Ham, que venceu o Swansea por 1 a 0, em casa, e se afastou ainda mais da zona de rebaixamento. Pelo mesmo placar, o Southampton bateu o West Bromwich fora de casa. Já o Middlesbrough recebeu o Burnley, ficou no 0 a 0 e deu mais um passo rumo à queda para a segunda divisão.