Foi mais difícil do que o torcedor esperava. Ainda assim, o Liverpool soube superar o desempenho ruim neste domingo para ganhar do Burnley de virada, por 2 a 1, em jogo válido pela 28ª rodada do Campeonato Inglês.

Com a vitória em casa, o Liverpool se manteve na quarta colocação com 55 pontos, mas abriu cinco de vantagem para o Arsenal, o quinto, consolidando-se na zona de classificação para a Liga dos Campeões - o time de Arsène Wenger, porém, tem dois jogos a menos. Já o Burnley está em 12º, com 31 pontos.

Embalado pela vitória sobre o próprio Arsenal na última rodada, por 3 a 1, o Liverpool até ameaçou uma pressão no início, mas foi surpreendido logo aos sete minutos, quando Barnes aproveitou lançamento e, de carrinho, abriu o placar para o Burnley.

O gol desnorteou o time da casa. Sem movimentação ofensiva e com Philippe Coutinho pouco inspirado, o Liverpool praticamente não ameaçava o gol do Burnley. E, já aos 45, quando o resultado negativo parecia que prevaleceria no primeiro tempo, Wijnaldum aproveitou corte parcial da zaga e empatou.

O ritmo, contudo, seguiu similar na etapa final. E, mesmo sem qualquer inspiração, o Liverpool virou aos 15 com Emre Can, que recebeu na entrada da área e bateu no canto. Nos minutos finais, com o Burnley menos retraído, enfim o jogo melhorou e as duas equipes desperdiçaram boas oportunidades. Melhor para o Liverpool, que conseguiu vencer mesmo sem apresentar uma grande atuação.