Ainda sonhando com o título do Campeonato Inglês, Manchester City e Liverpool empataram por 1 a 1, neste domingo, no Etihad Stadium, e ficaram mais distantes da briga pelo troféu James Milner, de pênalti, e Sergio Agüero, novamente titular por causa do desfalque de Gabriel Jesus, anotaram os gols da movimentada partida, marcada por diversas chances perdidas para os dois lados.

O resultado favoreceu o líder Chelsea, cada vez mais perto da conquista, com seus 69 pontos. O Tottenham segue em segundo, com 59, após bater o Southampton neste domingo. Em terceiro lugar aparece o Manchester City, com 57, contra 56 do Liverpool, na quarta colocação.

No Etihad Stadium, o Liverpool se sentiu em casa no primeiro tempo. Imprimindo forte ritmo desde o primeiro minuto, o visitante partiu para o ataque e impôs pressão sobre a defesa do City. Segurando-se como podia, o time da casa contava com defesas do goleiro Caballero e com a falta de pontaria de Mané, Lallana e Roberto Firmino.

Mas, no início da segunda etapa, Clichy derrubou o atacante brasileiro dentro da área e a arbitragem assinalou o pênalti. Milner bateu no canto e abriu o placar, aos 6 minutos. A resposta do City veio aos 23, quando Kevin de Bruyne cruzou da direita e Agüero só escorou na área, direto para as redes.

Daí em diante, os dois times protagonizaram um duelo de seguidas chances desperdiçadas no ataque. A começar por uma bola na trave do próprio De Bruyne. Do outro lado, Lallana perdeu chance incrível ao pegar mal na bola, quando estava cara a cara com Caballero na pequena área, após passe de Firmino. Na sequência, o próprio brasileiro foi "fominha" ao finalizar direto, para fora.

Nos acréscimos, o Manchester tentou buscar o gol da virada na base da pressão. E Agüero desperdiçou duas boas chances. Na melhor delas, estava sem marcação dentro da pequena área, mas acertou de primeira um chute que passou longe do travessão. Acabou garantindo o empate no duelo de técnicos entre Josep Guardiola e Jürgen Klopp.