Sem Ibrahimovic, Pogba e Mkhitaryan, o Manchester United sofreu mais do que esperava para vencer o Middlesbrough, penúltimo colocado do Campeonato Inglês, neste domingo. Fora de casa, o time de José Mourinho abriu 2 a 0, mas sofreu um gol e levou pressão no final. E só conseguiu sacramentar o triunfo por 3 a 1 numa falha bizarra do goleiro Víctor Valdés, ex-Barcelona, debaixo da trave dos anfitriões.

Com o resultado, o Manchester United chegou aos 52 pontos e subiu duas posições, para o 5º lugar, logo atrás do Liverpool (55) e do Manchester City (56). Os dois times se enfrentam ainda neste domingo. A liderança pertence ao Chelsea, com 69 pontos e ampla vantagem sobre o vice-líder Tottenham, com 56.

Sem seus principais homens de frente, o Manchester apostou em Fellaini para liderar o ataque neste domingo. E, aos 30 minutos de jogo, ele abriu o placar, de cabeça. O segundo gol veio aos 17 minutos da segunda etapa, em belo chute de Lingard, de fora da área, no ângulo. 

O duelo parecia encaminhado para os visitantes. Até que uma vacilada geral da defesa gerou o gol de Rudy Gestede, aos 32 minutos, esquentando o jogo. Mais animado, o Middlesbrough partiu para o ataque e tentou impor pressão. E o confronto ganhou em tensão, até com desentendimento entre jogadores dos dois times na reta final da partida.

Mas uma falha de Valdés acabou decretando a vitória do Manchester e esfriando os ânimos. Foi aos 45 minutos, quando a defesa recuou a bola e o goleiro tomou distância para acertar o chute de longa distância. Porém, escorregou antes da finalização e viu Valência aproveitar a oportunidade para chutar com tranquilidade para as redes. 

Com mais este revés, o Middlesbrough segue com 22 pontos, ainda na penúltima colocação da tabela.