Uma invasão de campo generalizada nesta quinta-feira atrasou o início da partida entre Lyon e Besiktas, na França, válida pelo duelo de ida das quartas de final da Liga Europa. O jogo só começou por volta das 16h50min, 45 minutos após o horário inicialmente marcado.

O incidente ocorreu perto do início oficial do jogo. Torcedores do time turco invadiram o campo após fogos de artifício serem lançados na direção de onde estavam abrigados. O gramado ficou repleto de pessoas e a briga ameaçou se generalizar.

Para amenizar o clima tenso, o presidente do Lyon, Jean-Michel Aulas, entrou no campo com outras autoridades e tentou restabelecer a calma, algo que durou quase 50 minutos para ocorrer. O atrito entre as duas torcidas já havia começado fora do estádio.

Esse é o segundo incidente violento envolvendo o futebol europeu nesta semana. Na terça-feira, na véspera do jogo de quartas de final da Liga dos Campeões, contra o Monaco, uma bomba atingiu o ônibus do Borussia Dortmund e o duelo só foi realizado na quarta Ferido no atentado, o zagueiro Marc Bartra ficará quatro semanas afastado devido às lesões sofridas na mão e no braço direito.