Juventus faz 2 a 0 em clássico contra o Torino e está na semi da Copa da Itália

  • Por Estadão Conteúdo
  • 03/01/2018 20h45

Divulgação JFC

Jogadores da Juventus comemoram a vitória no clássico diante do Torino e a classificação

A Juventus confirmou o favoritismo no clássico contra o Torino e está nas semifinais da Copa da Itália. Nesta quarta-feira (3), o time alvinegro de Turim bateu o rival por 2 a 0 em sua casa, o Juventus Stadium, e agora enfrentará a Atalanta na luta por uma vaga na decisão. No dia anterior, a equipe de Bérgamo havia surpreendido o Napoli, líder do Campeonato Italiano, em pleno estádio San Paolo, em Nápoles, em outro confronto único válido pelas quartas de final.

O primeiro duelo entre Atalanta e Juventus será no próximo dia 31, no estádio Atleti Azzurri d’Italia, em Bérgamo. A volta acontecerá no Juventus Stadium, em Turim, em 28 de fevereiro. A outra semifinal envolve Lazio e Milan, com os duelos na mesma data – o primeiro em Milão e o segundo em Roma. A grande decisão da Copa da Itália, no estádio Olímpico, em Roma, está marcada para o dia 9 de maio, uma quarta.

As duas equipes agora voltam as atenções para o Campeonato Italiano, que terá neste final de semana a realização da 20.ª rodada – a primeira do returno. A Juventus encara o Cagliari, fora de casa, neste domingo. Em Turim, o Torino vai receber o Bologna no sábado.

Em campo, o técnico Massimiliano Allegri decidiu poupar alguns titulares da Juventus. O lateral-esquerdo brasileiro Alex Sandro, o lateral-direito suíço Lichtsteiner, o volante alemão Khedira e o centroavante argentino Gonzalo Higuaín ficaram como opção no banco de reservas e não fizeram tanta falta. Seus substitutos deram conta do recado, como no primeiro gol.

Aos 15 minutos do primeiro tempo, Asamoah, substituto de Alex Sandro, fez a jogada da abertura do placar em Turim. Ele arrancou da esquerda para o meio e deixou com Dybala. O argentino dividiu com o zagueiro e a bola sobrou para o atacante brasileiro Douglas Costa acertar um lindo chute no ângulo esquerdo alto do goleiro Vanja Milinkovic-Savic.

Logo depois, o Torino respondeu com Niang, que acertou a trave em um rápido contra-ataque pela esquerda. Douglas Costa estava inspirado e chegou a marcar o segundo gol, após lançamento de Matuidi, mas foi pego em impedimento pela arbitragem.

No segundo tempo, a Juventus continuou superior em campo. Uma chance mais clara aconteceu aos 7 minutos, quando Douglas Costa recebeu e cruzou rasteiro para Mandzukic completar, mas o atacante croata acabou chegando atrasado no lance e perdeu a oportunidade.

Aos 23 minutos saiu o segundo gol da Juventus, muito contestado pelo Torino. Os jogadores reclamaram de falta de Khedira em Acquah no início do lance. Na sequência, Dybala achou Mandzukic, que deu um toque de classe por cobertura para ampliar o placar. O árbitro teve de consultar o árbitro de vídeo (VAR, na sigla em inglês), mas o gol foi validado.