Nesta sexta-feira, a Conmebol anunciou a punição ao volante Felipe Melo, do Palmeiras, que foi apontado com um dos pivôs na briga generalizada entre Peñarol 2 a 3 Palmeiras, em confronto pela Libertadores, em Montevidéu. O camisa 8 está suspenso por seis jogos e deve retornar somente nas partida de volta da semifinal, caso o clube avance.

Já os outros jogadores uruguaios envolvidos no entrevero, Matías Mier, Nahitan Nández e Lucas Hernández receberam gancho de cinco jogos.

O Palmeiras deve recorrer da decisão e acredita que consiga reduzir a pena para até três partidas. O volante também foi multado em US$ 10 mil e o clube deve ser julgado na próxima semana, assim como o Peñarol.

Vale lembrar que Felipe Melo já cumpriu uma partida na derrota por 3 a 2, diante do Jorge Wilstermann.

Na tentativa de sensibilizar a Conmebol, o clube até usou um vídeo de Felipe Melo encurralado pelos adversários ao término da partida. Mesmo assim, a entidade aplicou uma pena pesada ao brasileiro.