Com Libertadores pela frente, o Santos está no mercado em busca de boas opções para o elenco. E como já se tornou comum a cada janela para transferências, os rumores sobre um possível retorno de Robinho ganharam força. O presidente do clube, Modesto Roma Júnior, não esconde o desejo de voltar a contar com o jogador e mantém a esperança, apesar da dificuldade na negociação com o Atlético-MG.

"Devemos, até segunda-feira, ter o elenco completo. Pode ser que aconteça alguma coisa. Vamos ver, esse fim de semana vai ser um fim de semana importante. Vamos deixar o assunto Robinho para quando ocorrer alguma coisa, por enquanto não ocorreu", declarou em entrevista ao SporTV. "Eu sou otimista”.

Sonho constante do clube, Robinho teve grande temporada com a camisa do Atlético-MG em 2016. Por isso, o presidente do time mineiro, Daniel Nepomuceno, já avisou que sequer cogita perder o jogador, uma vez que também almeja voos altos, principalmente na Libertadores.

Se mantém a esperança de recontratar Robinho, Modesto foi bem menos otimista quando tratou da possibilidade de acerto com Barcos. O atacante do Vélez Sarsfield tinha conversas avançadas com o Santos, mas o negócio esfriou diante de exigências do clube argentino.

"Tivemos uma conversa com o staff do Barcos, os irmãos dele. A postura do Santos é que o Barcos é um bom jogador, interessa, mas não é único. A gente espera o Barcos resolver essa situação, mas se aparecer outro jogador no mercado, nós vamos para outro jogador", afirmou Modesto. "Não é questão de desistir. Estamos seguindo a vida, olhando outros jogadores. É mais ou menos como se tivesse uma entrevista de emprego. Se você tem um problema que tem que resolver, não vão ficar esperando você, vão ver outros candidatos”.