A expectativa era grande no Santos. Mas, mesmo após treinarem normalmente na quinta-feira, o meia Lucas Lima e o atacante Ricardo Oliveira foram vetados e estão fora do clássico deste sábado contra o Corinthians, às 18h30minSem , no Itaquerão, pela sétima rodada do Campeonato Paulista.

Ricardo Oliveira sofreu uma pancada na cabeça na vitória sobre o Botafogo-SP, na última rodada, e precisou levar 15 pontos na orelha. As feridas já estão cicatrizadas - o que permitiu sua participação no treino com uma touca. Os médicos, contudo, ponderaram que o local é delicado e traria muito risco de contato. Assim, ele está fora da lista de relacionados divulgada nesta sexta.

Já Lucas Lima, em fase final de recuperação de um estiramento no ligamento colateral lateral do joelho direito, sofrido após forte pancada no clássico contra o São Paulo, no dia 15 de fevereiro, iniciou trabalho de transição no começo da semana e até treinou com os demais companheiros nesta sexta. Mas, sem ritmo de jogo, ele acabou vetado pela comissão técnica.

Apesar das duas importantes ausências, o técnico Dorival Júnior terá um bom reforço: Renato, que havia sofrido um estiramento na panturrilha direita, está confirmado para o clássico. O experiente volante havia perdido cinco rodadas do Paulistão.

Também estão relacionados o zagueiro argentino Fabián Noguera e o meia Matheus Oliveira, últimos inscritos na lista de 28 atletas do Santos na competição. Esta será a primeira vez que Dorival terá à disposição 23 jogadores para relacionar. A provável escalação do Santos terá: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo (Cleber), Yuri e Zeca; Renato, Thiago Maia e Vitor Bueno; Bruno Henrique, Copete e Kayke.

Confira a lista de 23 jogadores relacionados:

Goleiros - João Paulo e Vladimir.

Zagueiros - Cleber, David Braz, Fabián Noguera e Lucas Veríssimo

Laterais - Matheus Ribeiro, Victor Ferraz e Zeca.

Meio-campistas - Jean Mota, Leandro Donizete, Matheus Oliveira, Rafael Longuine, Renato, Thiago Maia, Vitor Bueno e Yuri.

Atacantes - Arthur Gomes, Bruno Henrique, Jonathan Copete, Kayke, Rodrigão e Thiago Ribeiro.