Pressionado, o Santos entrou em campo na noite desta quinta-feira precisando da vitória para não se complicar na Libertadores da América. Ainda mais depois da goleada do The Strongest sobre o Sporting Cristal por 5 a 1 um pouco mais cedo. E o time comandado por Dorival Júnior não decepcionou sua torcida e venceu o Santa Fe, no Pacaembu, pelo placar de 3 a 2, retomando a liderança do grupo 2 da Libertadores.

Ricardo Oliveira, Vitor Bueno e Lucas Veríssimo foram os autores dos gols santistas, enquanto Arango e Perlanza marcaram para o time colombiano.

Com a vitória, o Peixe chegou a oito pontos, um a mais que o The Strongest. Já o Santa Fe é o terceiro, com quatro pontos conquistados.

Na próxima rodada da competição sul-americana, o Santos encara o time boliviano, na cidade de La Paz, dia 17, às 19h30min. Antes disso, o time comandado por Dorival Júnior tem o jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil pela frente, na próxima quarta, às 21h45min, em Belém e faz sua estreia no Campeonato Brasileiro, dia 14, às 11 horas, contra o Fluminense, no Maracanã.

Opinião JP

De acordo com o narrador da Jovem Pan, José Manoel de Barros, a vida dos brasileiros na Libertadores da América deste ano não está fácil. E com o Santos não seria diferente, já que o time comandado por Dorival Júnior estava deixando a desejar nas últimas partidas.

“Os jogos estão sendo duríssimos para os brasileiros na Libertadores da América. Foi assim com o Palmeiras, com o Grêmio, com o Flamengo, com o Botafogo. Não está sendo fácil para nenhum brasileiro essa primeira fase da Libertadores. O santista quer, o Dorival quer, a diretoria quer, que o Santos evolua. O Santos precisa evoluir para ir longe na Libertadores. Mas, hoje o mais importante era vencer. O Santos jogou mal, mas ganhou”, analisou.

Ouça os gols da partida entre Santos e Santa Fe: