Bicampeão mundial com o São Paulo na década de 1990, Palhinha exaltou a decisão da diretoria tricolor, de contratar Rogério Ceni como técnico para 2017. Em entrevista exclusiva a Fausto Favara que vai ao ar no próximo fim de semana, na Rádio Jovem Pan, o ex-atacante de 49 anos exaltou a capacidade de comando do Mito. 

Para Palhinha, Rogério poderia até mesmo presidir o São Paulo em um futuro próximo. 

"Eu sou suspeito para falar dele, né? Vi o Rogério chegar ao profissional, fazer o primeiro gol dele e virar o ídolo mundial que é hoje. Acho que contratar o Rogério foi a decisão mais acertada que a diretoria poderia ter tomado. Não teria outro cara hoje para dirigir o São Paulo. O Rogério conhece tudo no clube, tem crédito com todos... Estou feliz demais", afirmou o ex-jogador. 

"Falei com o Rogério quando ele assumiu... Ao aceitar esse convite, ele foi mais corajoso que a própria diretoria, porque vai se expor bastante... Mas acho que vai ser muito bom, vai ter muito sucesso. Para ser sincero, eu queria o Rogério como presidente do São Paulo. Acho que ele poderia concluir esse ciclo aí, de ser jogador, técnico e presidente do clube", acrescentou. 

Palhinha, por sinal, deve reencontrar o amigo nos próximos dias. Hoje presidente e técnico do Boston City F.C., o ex-atacante mora nos Estados Unidos há cinco anos e deve marcar presença na Florida Cup, torneio amistoso a ser realizado em Orlando, São Petersburgo e Fort Lauderdale entre os dias 8 e 21 de janeiro. O São Paulo de Rogério Ceni vai participar da competição.