“Eu não gostaria de ter saído do Corinthians”, diz Pablo em conversa após evento

  • Por Jovem Pan
  • 06/12/2017 16h46
Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansPablo, CorinthiansO zagueiro Pablo não chegou a um acordo para permanecer no Corinthians e vai jogar por outra equipe em 2018

Minutos depois de participar da gravação do Troféu Mesa Redonda, na última segunda-feira, na TV Gazeta, o zagueiro Pablo teve uma amigável conversa com Flavio Prado, apresentador da premiação e comentarista da Rádio Jovem Pan. Neste bate-papo, segundo Flavio, Pablo admitiu que não gostaria de ter saído do Corinthians – o defensor não chegou a um acordo com a diretoria alvinegra e sequer participou da festa pela conquista do heptacampeonato brasileiro.

Os bastidores da conversa foram revelados pelo próprio Flavio Prado durante o Esporte em Discussão desta quarta-feira, na Rádio Jovem Pan.

“Foi um bate-papo depois da entrega do Troféu Mesa Redonda, lá pela meia-noite, meia-noite e pancada. Estava o Pablo, o Clayson, o goleiro Caíque… Foi uma conversa mais de amigo do que de jornalista. Em um determinado momento, eu perguntei ao Pablo: ‘e aí, como está a história?’. A primeira coisa que ele me disse foi: ‘sinceramente, eu não gostaria de ter saído do Corinthians'”.

De acordo com Flavio, Pablo também admitiu ter recebido propostas de outros clubes nos últimos dias. O Palmeiras estaria entre eles

“Ele me disse: ‘eu tenho propostas, sim’. Eu perguntei se do Palmeiras também, e ele respondeu: ‘quem trata isso é o meu empresário, mas eu acho que há conversas não só com o Palmeiras, como com times de fora’. De fora de São Paulo, ele quis dizer. Deu a entender que de time do Rio e tal…”.

Campeão paulista e brasileiro em 2017, Pablo tinha praticamente tudo acertado para ser contratado em definitivo pelo Corinthians por quatro anos – ele estava emprestado pelo Bordeaux até dezembro. De última hora, porém, o empresário do jogador, Fernando César, não chegou a um acordo com a diretoria alvinegra, que se recusou a pagar um adiantamento de 40% no valor integral das luvas no ato do acerto – como pretendia o empresário. As negociações, então, foram encerradas, e Pablo sequer participou da festa pela conquista do heptacampeonato nacional.

Saiba como foi a conversa entre Flavio Prado e Pablo no vídeo abaixo!