Palmeiras domina seleção do Paulistão e Jailson é eleito o craque do campeonato

  • Por Estadão Conteúdo
  • 09/04/2018 22h05
Reprodução/FPFApesar do vice-campeonato, goleiro do Palmeiras foi escolhido como o melhor jogador da competição

O Palmeiras foi o grande vencedor da premiação dos melhores do Campeonato Paulista, com oito jogadores e o técnico Roger Machado, em evento realizado na noite desta segunda-feira (9). Entretanto, nenhum representante do clube compareceu à festa. O goleiro Jailson foi eleito o craque do Estadual. A seleção ainda contou com dois jogadores do Corinthians e um do Santos. A eleição foi realizada com votos de jornalistas.

A seleção do Paulistão foi formada por: Jailson (Palmeiras); Marcos Rocha (Palmeiras), Antônio Carlos (Palmeiras), Balbuena (Corinthians) e Victor Luís (Palmeiras); Felipe Melo (Palmeiras), Lucas Lima (Palmeiras) e Rodriguinho (Corinthians); Dudu (Palmeiras), Borja (Palmeiras) e Gabriel Barbosa (Santos). O técnico eleito foi Roger Machado.

O atacante do Santos Rodrygo foi eleito a revelação do campeonato. Já o atacante Bruno Moraes, do Botafogo, foi o craque do interior. Além de ser eleito o craque do campeonato, Jailson também foi eleito o craque da torcida, em eleição realizada pelo Facebook da Federação Paulista. Rodriguinho teve o gol contra o Palmeiras, na primeira fase, como o mais bonito do campeonato.

Durante os anúncios dos vencedores, palmas discretas para os palmeirenses. Quando o nome de Jailson foi anunciado como o craque, os convidados bateram palmas de forma discreta.

O Palmeiras decidiu não levar nenhum representante para a cerimônia como protesto pela polêmica com a arbitragem na decisão do Paulistão, no domingo. “O campeonato não precisava de uma mancha dessa”, lamentou o gerente de futebol do Corinthians, Alessandro Nunes.

O técnico Fábio Carille acredita que o domínio do Palmeiras na eleição da FPF é algo natural, mesmo o Corinthians sendo campeão “O Palmeiras foi o time que mais fez pontos, se destacou na primeira fase, passou com facilidade nas quartas de final. É correto”, disse o comandante corintiano, que brincou ao ser questionado sobre a escolha de Roger Machado como o melhor técnico. “Não fui eu? Sério? Brincadeira. Eu achei justo, como eu disse, o Palmeiras fez a melhor campanha. Não é porque perdeu a final que não foi o melhor.”

Os poucos vencedores que estiveram presentes na cerimônia evitaram falar sobre a postura do Palmeiras. O meia Rodriguinho respondeu com ironia o fato do presidente palmeirense, Maurício Galiotte, chamar o Estadual de Paulistinha. “Não tenho o que falar. Talvez para eles seja só um Paulistinha e não tem importância. Para nós, é. Faz tempo que eles não ganham o Estadual e nós ganhamos de novo”, disse.

A ausência dos palmeirenses fez com que o roteiro da premiação fosse modificado. Ao invés dos vencedores irem receber o prêmio no palco, seus nomes foram apenas citados pelo apresentador, o comentarista Caio Ribeiro.