Palmeiras leva gol de Tévez e empata com Boca, mas segue na liderança

  • Por Jovem Pan
  • 11/04/2018 23h37 - Atualizado em 12/04/2018 00h29
Boca Juniors/ DivulgaçãoBoca Juniors fizeram jogo de poucas emoções

Ainda de “ressaca” pela derrota na final do Campeonato Paulista, o Palmeiras entrou em campo pela Copa Libertadores da América e não conseguiu se recuperar no Allianz Parque. O time jogou mal contra o Boca Juniors e ficou no empate por 1 a 1, em uma partida que só esquentou nos minutos finais. Keno e Tévez fizeram os gols da partida. O Palmeiras só pode comemorar por seguir como líder do Grupo 8, com 7 pontos, contra 5 do Boca.

O Boca Juniors começou o jogo de forma defensiva e assim segurou os ataques iniciais do Palmeiras. Depois o time argentino equilibrou a partida, passou a atacar também, mas as duas equipes erraram muitos passes e fizeram muitas faltas, deixando o jogo sem emoções.

Apesar disso, nenhum time voltou com substituições para o 2º tempo, então a partida continuou truncada no meio-campo. O Palmeiras teve mais posse de bola, mas novamente sem criatividade. A primeira boa oportunidade de gol só aconteceu aos 22min, quando Bruno Henrique pegou uma sobra de bola na área e chutou por cima do gol. Aos 37min, Keno conseguiu criar boa jogada para Willian, mas o chute foi bloqueado.

Aos 44min, Keno aproveitou ótimo passe de Guerra e abriu o placar. Mas Tévez deixou tudo igual aos 46min.

Agora o Palmeiras vai se preparar para estrear pelo Brasileirão na próxima segunda-feira (16), contra o Botafogo. Pela Copa Libertadores, o próximo jogo será contra o Boca, mas em Buenos Aires.

Falhas e gols

O gols só saíram porque as duas defesas falharam. No gol do Palmeiras o lateral Jara furou ao tentar afastar a bola e foi desarmado por Willian. Guerra ficou com a bola e deu um passe de trivela para Keno, que finalizou com sucesso para o gol.

Já no gol do Boca quem falhou foi Antônio Carlos, que já tinha errado no gol do Corinthians no último domingo (8). Ele tentou afastar a bola, não conseguiu e viu ela sobrar para Pavón, que deu um toque na medida para Tévez marcar.

Problema Lucas Lima

Mais uma vez Lucas Lima jogou mal e deixou a criação de jogadas do Palmeiras comprometida. Ele se posicionou mal, errou muitos passes e ficou sobrecarregado. O Palmeiras dependeu então da armação de jogadas pelas pontas, mas Dudu e Keno não conseguiram levar a melhor contra a defesa do Boca. Faltou mais apoio dos laterais para isso.

Roger Machado demorou, mas enxergou esse problema com Lucas Lima e colocou Moisés e Guerra no meio-campo. Isso ajudou o time a criar pressão nos últimos minutos.

Chance única no 1º tempo

A primeira chance clara de gol só surgiu aos 45min do 1º tempo, quando Lucas Lima acertou um chute perigoso, mas para fora, na entrada da área. Antes disso, os times só chegaram com perigo em cruzamentos laterais que não deram em nada.

Tévez em campo

Recuperado de lesão recentemente, Tévez só entrou em campo aos 24min do 2º tempo, no lugar de Cardona. Ele atuou pela ponta esquerda do ataque do Boca, tocou poucas vezes na bola, mas teve estrela para fazer o gol decisivo.

Felipe Melo amarelado

Com apenas 12min de jogo, Felipe Melo já levou um cartão amarelo estranho, por uma dividida que aconteceu depois que ele sofreu falta. Logo depois foi marcada outra falta dele, o que fez o volante alegar que estava sendo perseguido pelo juiz. Os palmeirenses em geral reclamaram muito das marcações de falta no 1º tempo.

Keno e Diogo Barbosa titulares

Eles foram as principais novidades na escalação de Roger Machado. O atacante foi tímido em campo, sem as tradicionais jogadas individuais no 1º tempo. Depois do intervalo, ele se soltou mais e conseguiu brilhar com o gol no fim. Já Diogo foi seguro defensivamente, mas buscou pouco o ataque.