Santos busca liderança contra Estudiantes, mas precisa superar dúvidas e falta de experiência

  • Por Jovem Pan
  • 05/04/2018 09h41
Ivan Storti/ SantosEduardo Sasha, Arthur Gomes e Rodrygo são as esperanças de gol do Santos na Argentina

Se vencer o Estudiantes nesta quinta-feira (5), o Santos alcançará a liderança do Grupo 6 na Copa Libertadores. Mas a missão não será fácil: além de ter dificuldades e dúvidas no próprio time, o Peixe enfrentará uma equipe tradicional e cheia de experiência, algo que falta no Peixe. O Estudiantes tem veteranos de qualidade e está com um ponto a mais (4 a 3), na ponta da chave.

As principais dúvidas do Santos são por questões físicas: Lucas Veríssimo (virose), David Braz (edema na coxa), Vanderlei (trauma na mão) e Léo Cittadini (lesão na coxa) tiveram problemas durante a semana de preparação. Os três primeiros devem ir para campo no time titular.

Cittadini deve ficar no banco porque Jair precisa de um time mais experiente, então Renato entrará no meio-campo. Sem Gabigol, uma das referências técnica da equipe, o time dependerá muito de jovens na criação de jogadas. Rodrygo (17 anos) e Arthur Gomes (19) estão disputando a Copa Libertadores pela primeira vez. Jean Mota, um pouco mais velho (24), tem feito uma temporada irregular e está cercado por desconfiança. Eduardo Sasha (26) atuará como referência central na área.

Portanto a escalação do Santos deve ter Vanderlei; Daniel Guedes, David Braz, Lucas Veríssimo e Dodô; Alisson, Renato e Jean Mota; Rodrygo, Arthur Gomes e Eduardo Sasha.

O Estudiantes não está bem no Campeonato Argentino e vem de um “empate furioso” com o Vélez Sarsfield. Mas a experiência na defesa pode pesar a favor da equipe argentina, que tem atletas como o goleiro Andújar, o zagueiro Desábato e o lateral Facundo Sánchez. No ataque a principal preocupação do Santos tem que ser com o colombiano Juan Otero, artilheiro da equipe na competição nacional. O veterano Mariano Pavone deve começar no banco de reservas, mas já fez gol nesta Libertadores e pode ser perigoso no 2º tempo.

A escalação do Estudiantes deve ter: Andújar; Facundo, Schunke, Desábato e Campi; Lucas Rodríguez, Iván Gómez e Gastón Giménez; Lattanzio, Melano e Otero.