0:00
0:00

Sem Buffon e McItália: o que perdemos com a ausência da Azurra na Copa do Mundo

  • Por Jovem Pan
  • 14/11/2017 12h47
Derrotada pela Suécia, a Itália ficará fora da Copa do Mundo de 2018

A Itália está fora da Copa do Mundo. Pela primeira vez em 60 anos, a seleção tetracampeã em 2006 não disputará um Mundial. Tem quem goste de ver a ausência de um dos gigantes do futebol, principalmente por achar que o caminho brasileiro até o hexa seja um pouco mais tranquilo. Porém, a verdade é que o Mundial da Rússia perdeu uma das suas grandes atrações nesta segunda-feira (13).

Além de não ter um dos seus tradicionais concorrentes ao título, outros detalhes farão a gente sentir falta da Itália em 2018, dentro e fora dos gramados. Confira o que perdemos com a ausência dos italianos na Copa:

Uma despedida digna para Buffon

Ver Buffon chorando após a eliminação diante da Suécia foi de cortar o coração. Principalmente, porque esta foi a última partida oficial do goleiro com a Itália. Aos 39 anos, o Buffon jogaria sua sexta Copa do Mundo e poderia se despedir de forma grandiosa, como sempre foi sua carreira.

Futebol Eliminatórias Copa do Mundo Itália Buffon

Galãs

As listas dos jogadores mais bonitos da Copa de 2018 ganharão um grande desfalque com a ausência dos charmosos jogadores italianos. Bom para Cristiano Ronaldo e o goleiro Alisson, que dividirão os holofotes do público interessado na beleza dos craques.

#Repost @juventus (@get_repost) ・・・ Focused. Always. @andreabarzagli15 #FinoAllaFine

A post shared by Andrea Barzagli (@andreabarzagli15) on

McItália

Uma das tradições da Copa do Mundo são os lanches especiais que o McDonald’s prepara em homenagem a algumas seleções durante o Mundial. E justamente o da Itália, que era um dos melhores, pode ficar fora do cardápio da marca em 2018. Para quem não lembra, o McItália era feito com polpettone, peperoni, queijo ralado e molho de tomate. Una delizia!

Torcida das cantinas italianas

Ainda falando em comida, 2018 não veremos os repórteres ao vivo mostrando a animação da torcida da colônia italiana em cantinas pelo Bixiga.

Hino da Itália

Com o sucesso da Mercedes na Fórmula 1, já era difícil ouvir o tradicional hino italiano nas vitórias da Ferrari. Agora, sem a Azurra na Copa do Mundo, a canção da Itália corre o risco de ficar marcada apenas como uma lembrança das vitórias de Schumacher.