A Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) anunciou nesta quinta-feira a convocação da seleção de natação para o Mundial e decidiu levar 16 nomes ao evento em Budapeste, na Hungria, entre 23 e 30 de julho. A relação conta com o dobro de atletas previstos inicialmente e inclui Cesar Cielo. 

A reunião que definiu os nomes ocorreu nesta quinta, na sede da CBDA. E além do critério inicial, de levar os oito melhores nadadores com melhores índices técnicos em provas olímpicas no Torneio Open de 2016 e no Troféu Maria Lenk deste ano, a confederação também chamou mais sete atletas por índices olímpicos em provas olímpicas, além de Nicholas Santos, convocado por ter obtido o melhor tempo do mundo em 2017 - 22s61 - nos 50 metros borboleta. 

Cielo fez o seu índice ao ficar na segunda colocação na prova dos 50m livre no Maria Lenk. No evento realizado na última semana no Rio, o campeão olímpico também participou de três provas. O astro da natação brasileira foi o terceiro colocado nos 100m livre e nos 50m borboleta, além de só ter sido batido por Bruno Fratus, que também vai ao Mundial de Esportes Aquáticos, na disputa dos 50m. 

Para o Mundial, foram convocados Felipe Lima (100m peito), Gabriel Santos (100m livre), João Gomes Junior (100m peito), Thiago Simon (200m peito), Leonardo de Deus (200m borboleta), Marcelo Chierighini (100m livre), Henrique Martins (100m borboleta), Guilherme Guido (100m costas), Brandonn Almeida (400m medley), Joanna Maranhão (400m medley), Bruno Fratus (50m livre), Manuella Lyrio (200m livre), Guilherme Costa (1500m livre), Etiene Medeiros (50m livre), Cesar Cielo (50m livre) e Nicholas Santos (50m borboleta).