A rivalidade entre Chael Sonnen e Wanderlei Silva extrapolou os limites. Quando os dois foram anunciados como treinadores da segunda edição do The Utimalte Fighter Brasil, o clima de provocação já aumentou e a luta entre eles, que aconteceria só ao final do programa, rolou nas gravações do reality show, em São Paulo.


Segundo Dana White, presidente do UFC, durante o conflito dos dois um membro da equipe do brasileiro deu um soco em Sonnen. "Wanderlei e Chael lutaram. Hoje mesmo. Eles literalmente lutaram!", declarou ao site MMA Fighting.


Sem detalhar muito como a confusão se iniciou, White parecia incrédulo. "Enquanto eles estavam brigando, um dos caras de Wanderlei socou Chael. Eles ficaram loucos. Coisas loucas aconteceram lá. Estamos lidando com essas coisas agora mesmo. Eles literalmente lutaram, e isso durou um tempo", afirmou.


Apesar de inusitada, o mandatário do esporte não condenou o atrito entre os dois lutadores mundialmente consagrados. "É uma daquelas coisas que acontecem em um reality show. É bom e é ruim. Mas não precisa acontecer uma luta entre os dois para que para que as pessoas fiquem animadas para vê-los lutando. Eles têm se encarado o tempo todo". A luta oficial entre os dois ainda não tem data certa para ser realizada. O programa deve ir ao ar no início de março.