Rafael Nadal manteve o seu embalo 100% vitorioso no giro europeu de saibro desta temporada ao vencer o norte-americano Jack Sock por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, nesta quinta-feira, e avançar às quartas de final do Masters 1000 de Roma.

Tido como principal favorito ao título pelo domínio que costuma ter em jogos neste tipo de piso, o espanhol assim deu novo passo em busca de seu oitavo título do importante torneio italiano, no qual levantou a taça de campeão em 2005, 2006, 2007, 2009, 2010, 2012 e 2013.

Nadal já conquistou neste ano os Masters 1000 de Monte Carlo e Madri, além de ter faturado o ATP 500 de Barcelona entre estes dois feitos. Desta forma, o atual quarto colocado do ranking mundial acumulou nesta quinta-feira a sua 17ª vitória em 17 jogos consecutivos na terra batida. 

O espanhol não perde uma partida desde quando foi superado por Roger Federer na final do Masters 1000 de Miami, no dia 2 de abril. Assim, segue consolidando também a condição de grande favorito ao título de Roland Garros, que começa na próxima segunda-feira, em Paris, onde o ex-número 1 do mundo irá buscar um histórico décimo troféu do Grand Slam francês.

Com a vitória sobre Sock, Nadal se credenciou para enfrentar nesta sexta-feira o austríaco Dominic Thiem, que em outro duelo realizado no final da programação desta quinta superou o norte-americano Sam Querrey por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 3/6, 6/3 e 7/6 (9/7).

Atual sétimo colocado da ATP, Thiem foi derrotado por Nadal nas finais de Madri e Barcelona nas últimas semanas e assim fará mais um reencontro com o austríaco, que foi derrotado em quatro dos cinco duelos que travou com o espanhol até hoje.

Para seguir invicto no saibro no ano e avançar em Roma, Nadal aproveitou a única chance que teve de quebrar o saque de Sock, hoje 14º tenista da ATP, para abrir vantagem e depois fechar o primeiro set em 6/3. Já na segunda parcial, o espanhol chegou a ter o seu serviço quebrado por uma vez, mas converteu os dois break points cedidos pelo norte-americano para aplicar o 6/4 que liquidou o jogo após 1h20min.

DEL POTRO OU DJOKOVIC NA ROTA - O triunfo desta quinta também fez Nadal se manter em rota de colisão para um possível duelo contra Novak Djokovic nas semifinais em Roma. Na semana passada, o sérvio foi superado pelo espanhol na mesma fase do Masters de Madri.

Djokovic, porém, terá um duelo muito duro nas quartas de final em Roma. Ele irá encarar o argentino Juan Martín del Potro, que nesta quinta-feira eliminou o japonês Kei Nishikori, sétimo cabeça de chave, com parciais de 7/6 e 6/3.

Neste ano, o sérvio já venceu o argentino por duas vezes, no Torneio de Acapulco e no Masters 1000 de Indian Wells, mas em ambas ocasiões precisou jogar três sets para triunfar, sendo que no ano passado foi derrotado pelo rival em sua estreia nos Jogos Olímpicos do Rio.