Atual líder do ranking feminino do tênis, Angelique Kerber foi surpreendida já em sua estreia no Torneio de Sydney, nesta terça-feira. A alemã caiu diante da jovem russa Darya Kasatkina, de apenas 19 anos, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/2.

Eliminada nas quartas de final em Brisbane, na semana passada, Kerber assim chegará para a disputa do Aberto da Austrália, Grand Slam que começa na próxima segunda, em Melbourne, sob desconfiança. Desta vez, ela caiu diante de uma adversária que ocupa a 26ª posição do ranking da WTA e deu uma grande prova de que é uma promessa do circuito profissional.

Com o surpreendente triunfo, em duelo já válido pela segunda rodada, Kasatkina avançou às quartas de final e se credenciou para enfrentar a britânica Johanna Konta, sexta cabeça de chave, que em outro duelo desta terça eliminou a australiana Daria Gavrilova com parciais de 6/1 e 6/3.

No jogo diante da jovem russa, Kerber chegou a quebrar o saque da adversária por duas vezes no primeiro set, mas também foi superada com o serviço na mão em outras duas oportunidades, fato que forçou a disputa do tie-break, no qual a russa foi um pouco melhor e fechou em 7/5.

E a derrota inesperada parece ter abalado a número 1 do mundo, que viu Kasatkina converter mais três break points no segundo set e ainda poder se dar ao luxo de perder um game com o serviço na mão para liquidar a partida com um 6/2.

Na semana passada, Kerber caiu diante da ucraniana Elina Svitolina, que saltou da 14ª para a 13ª posição do ranking da ATP após avançar às semifinais do Torneio de Brisbane, também em solo australiano.

OUTROS JOGOS - Se Kerber voltou a decepcionar, a polonesa Agnieszka Radwanska confirmou com relativa tranquilidade a sua condição de segunda cabeça de chave em sua estreia em Sydney. Ela assegurou classificação às quartas de final ao derrotar a norte-americana Christina McHale por 7/6 (7/1) e 6/1.

E a próxima adversária de Radwanska na Austrália será a chinesa Duan Yingying, que em outro duelo do dia eliminou a norte-americana CoCo Vandeweghe com parciais de 6/3 e 6/2.

Kerber, entretanto, ficou longe de ter sido a única favorita a cair de forma precoce em Sydney. Uma delas foi a eslovaca Dominika Cibulkova, terceira pré-classificada, que foi derrotada pela canadense Eugenie Bouchard por 6/4 e 6/3.

Bouchard, por sua vez, terá pela frente nas quartas de final a russa Anastasia Pavlyuchenkova, que foi outra surpresa do dia ao eliminar a sua compatriota Svetlana Kuznetsova, quinta cabeça de chave, batida com parciais de 7/5 e 6/3. 

A outra favorita a cair nesta terça em Sydney foi a italiana Roberta Vinci, nona pré-classicada, superada pela checa Barbora Strycova por 6/2 e 6/3. Assim, Strycova se credenciou para encarar nas quartas de final a dinamarquesa Caroline Wozniacki, ex-líder do ranking mundial e décima cabeça de chave, que avançou ao passar pela casaque Yulia Putintseva com parciais de 6/0 e 7/5.

HOBART - Quatro jogos também foram disputados nesta terça-feira pela chave de simples do Torneio de Hobart, outra competição australiana que serve de preparação para o primeiro Grand Slam do ano. Em uma delas, a romena Monica Niculescu confirmou com tranquilidade a condição de terceira cabeça de chave ao arrasar a belga Kirsten Flipkens por 6/3 e 6/2.

Assim, ela avançou às quartas de final e terá como próxima rival a vencedora da partida entre a japonesa Risa Ozaki e a checa Lucie Safarova.

A croata Jana Fett, a belga Elise Mertens e a paraguaia Veronica Cepede Royg também avançaram às quartas de final com vitórias obtidas nos outros jogos do dia em Hobart.