0:00
0:00

A maldição de “Porcus Triste”? Palmeiras tem histórico negativo no feriado

  • Por Jovem Pan
  • 13/06/2017 18h15 - Atualizado em 29/06/2017 00h16
Ricardo Stuckert/CBFRicardo Stuckert/CBFGabriel Jesus comemora título Brasileiro de 2016 com a máscara do mascote porco

O dia de Corpus Christi significa muitas coisas. Aos católicos, é o momento de celebrar o Corpo de Cristo. Aos não-religiosos, é a oportunidade de um feriado emendado para aproveitar como quiserem. Mas para os palmeirenses… para os palmeirenses, a data preocupa.

Tudo porque existe uma maldição: a de “Porcus Triste”. Ano após ano, o Porco – mascote adotado pelo clube alviverde em um clássico contra o Santos, pelo Brasileirão de 1986, que pôs fim às gozações de rivais – sofre para vencer nas datas, para total alegria dos adversários.

Foram 10 jogos na véspera ou no Dia de Corpus Christi. Em metade deles, o “Porcus Triste” foi implacável e fez o Palmeiras como vítima. Curiosamente – e para desconsolo dos torcedores – as derrotas mais sentidas aconteceram na Libertadores da América.

Nesta quarta-feira (14), o Palmeiras entra em campo, contra o Santos, na Vila Belmiro, para mais uma vez tentar lutar contra a temível data (e também, claro, contra o adversário).

Confira o retrospecto completo do clube desde 1987:

Feriados de Corpus Christi

2016: 26 de maio |25 de maio – Palmeiras 2 x 0 Fluminense (Brasileirão)

2015: 4 de junho | 4 de junho – Palmeiras 1 x 1 Internacional (Brasileirão)

2012: 7 de junho | 6 de junho – Sport 2 x 1 Palmeiras (Brasileirão)

2010: 3 de junho | 2 de junho – Palmeiras 0 x 1 Flamengo (Brasileirão)

2005: 26 de maio | 25 de maio – São Paulo 2 x 0 Palmeiras (Libertadores)

2001: 14 de junho | 13 de junho – Palmeiras 2 (2) x 2 (3) Boca Juniors (Libertadores)

2000: 22 de junho | 21 de junho – Palmeiras 0 x 0 Boca Juniors (Libertadores)

1999: 3 de junho | 2 de junho – Deportivo Cali 1 x 0 Palmeiras (Libertadores)

1989: 25 de maio | 25 de maio – Bragantino 1 x 1 Palmeiras (Paulistão)

1987: 18 de junho | 17 de junho – Ferroviária 1 x 0 Palmeiras (Paulistão)