0:00
0:00

Manchester United bate Hull em casa e fica a um passo da final da Copa da Liga

  • Por Estadão Conteúdo
  • 10/01/2017 20h29
Reprodução TwitterReprodução TwitterJuan Mata comemora o primeiro gol do Manchester United sobre o Hull City

O Manchester United largou com ótima vantagem na semifinal da Copa da Liga Inglesa nesta terça-feira. Diante de sua torcida em Old Trafford, o time de José Mourinho marcou duas vezes no segundo tempo, com Mata e Fellaini, e derrotou o Hull City por 2 a 0, dando passo importante para a grande decisão do torneio.

Com o resultado, o Hull precisa vencer o Manchester por três gols na partida de volta, no próximo dia 26, se quiser avançar à final. Ao time de Mourinho, uma derrota por até dois gols de diferença, desde que não seja por 2 a 0, o garante na decisão da competição.

Diante de sua torcida, o Manchester começou o jogo encurralando o adversário. Logo aos dois minutos, criou boa oportunidade com Mata, que exigiu bela defesa de Jakupovic. Rooney e Mkhitaryan também levaram perigo na sequência, mas falharam na hora da finalização.

O Manchester era dono do jogo, mas quase levou o primeiro em um lance esporádico. Aos 30 minutos, Diomande aproveitou cobrança de falta da esquerda e tocou de cabeça na trave. O árbitro assinalou impedimento com muito atraso, mas o susto foi suficiente para frear o embalo dos donos da casa, que diminuíram o ritmo.

Somente no segundo tempo, o Manchester voltou a impor pressão, e desta vez não demorou para abrir o placar, aos oito minutos. A jogada começou pela esquerda com Rooney e rodou pelos pés de Pogba e Valencia antes de encontrar a cabeça de Mkhitaryan, que desviou para o meio. Mata, na segunda trave, apareceu nas costas da defesa para escorar para a rede.

A vantagem reinstaurou a confiança do Manchester, que soube conduzir com propriedade a partida. Sem afobação, administrou a posse de bola e criou bons momentos. Aos 27, só não marcou porque a cobrança de falta quase perfeita de Pogba explodiu na trave direita do goleiro.

Atrás no placar, o Hull tentou ameaçar uma pressão nos últimos minutos e chegou a assustar, mas foi o Manchester que balançou a rede mais uma vez. Aos 41 minutos, Martial brigou pela bola no lado esquerdo e deixou com Darmian, que cruzou para a área. Fellaini subiu mais que a defesa na segunda trave e escorou para marcar o segundo.

As duas equipes agora voltam as atenções para o Campeonato Inglês. Neste sábado, o Hull City vai receber o Bournemouth. Já o Manchester United se prepara para o clássico diante do Liverpool, novamente em Old Trafford, no dia seguinte.