0:00
0:00

Melo vence na estreia em Roma e dá passo para voltar ao topo do ranking

  • Por Estadão Conteúdo
  • 18/05/2017 12h10
Kiko Huesca/EFEKiko Huesca/EFEMarcelo Melo estreou com vitória na chave de duplas do Masters 1000 de Roma

Marcelo Melo estreou com vitória na chave de duplas do Masters 1000 de Roma

Atuando ao lado de Lukasz Kubot, Marcelo Melo estreou com vitória nesta quinta-feira na chave de duplas do Masters 1000 de Roma e deu um primeiro passo para voltar a ser o líder do ranking individual de duplistas da ATP. Em jogo válido já pela segunda rodada, o brasileiro e o polonês venceram o romeno Florin Mergea e o paquistanês Aisam-Ul-Haq Qureshi por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3, e garantiram vaga nas quartas de final da importante competição realizada em quadras de saibro.

Cabeças de chave número 3 do torneio italiano que serve de preparação para Roland Garros, Grand Slam que começa na próxima segunda-feira, em Paris, Melo e Kubot se credenciaram para enfrentar na próxima fase o finlandês Henri Kontinen e o australiano John Peers, principais pré-classificados em Roma. Estes dois últimos também foram às quartas ao derrotarem nesta quinta o português João Sousa e o espanhol Fernando Verdasco por 2 sets a 0, com duplo 7/5.

Para retornar à liderança do ranking individual de duplistas, Melo depende apenas de si, pois o título em Roma lhe assegura a volta ao topo, independentemente de outros resultados. Atual número 3 desta listagem, com 7.430 pontos, o brasileiro está justamente atrás de Kontinen e Peers, respectivos líder e vice-líder, com 7.810 e 7.580 pontos.

Desta forma, o duelo que o brasileiro e Kubot travarão contra o finlandês e o australiano, que valerá uma vaga nas semifinais, será decisivo para definir o líder do ranking individual de duplistas antes do início de Roland Garros.

Para avançar às quartas de final neste jogo em que estrearam já na segunda rodada em Roma por serem um dos principais cabeças de chave, Melo e o seu parceiro polonês exibiram eficiência diante de Mergea e Qureshi. Primeiro confirmaram todos os seus saques no primeiro set sem oferecer chance de quebra e ainda converteram dois de quatro break points para abrir a vantagem inicial de 6/2.

Já na segunda parcial, Melo e Kubot até tiveram o serviço quebrado por uma vez, mas aproveitaram três de cinco oportunidades de ganhar games no saque dos rivais para aplicar o 6/3 que liquidou a partida após 67 minutos.

Algoz de Murray cai – Depois de ter sido o surpreende algoz de Andy Murray, atual número 1 do mundo, na estreia do britânico em Roma, na última terça-feira, Fabio Fognini acabou sendo eliminado com facilidade pelo alemão Alexander Zverev, nesta quinta, nas oitavas de final da chave da chave de simples do Masters 1000 de Roma.

O italiano, 29º colocado da ATP, foi derrotado por duplo 6/3 pelo jovem alemão de 20 anos, que é um dos principais nomes da nova geração do tênis e ocupa a 17ª posição da ATP. Zverev triunfou em apenas 1h18min de duelo e assim avançou para enfrentar na próxima fase o canadense Milos Raonic, quinto cabeça de chave, que em outro duelo do dia arrasou o checo Tomas Berdych por 6/3 e 6/2.

Em outra partida já encerrada nesta quinta pela chave de simples, o croata Marin Cilic, sexto pré-classificado, também foi às quartas de final ao bater o belga David Goffin por 6/3 e 6/4. Desta forma, ele se classificou para encarar na próxima fase o ganhador da partida entre o suíço Stan Wawrinka e o norte-americano John Isner, também programada para esta quinta-feira.