O inglês Lewis Hamilton não escondeu a alegria pela suada vitória no GP da Espanha de Fórmula 1, neste domingo (14), no circuito de Montmeló. O piloto da Mercedes comemorou o triunfo principalmente por conta das dificuldades que surgiram ao longo da prova e que exigiram boas decisões da equipe, como foi o caso da estratégia acertada da equipe.

Hamilton largou na pole position, mas perdeu a primeira colocação para Sebastian Vettel antes da primeira curva. Depois, chegou a estar quase oito segundos atrás do alemão da Ferrari no decorrer da prova. Mesmo assim, conseguiu reagir e buscar a segunda vitória na temporada.

"Acho que esta foi a batalha mais dura que enfrentei na F-1 em muito tempo. É disso que o esporte precisa, é por isso que eu corro: por causa de batalhas como essa pelo título", declarou o tricampeão, referindo-se ao duelo direto com Vettel. Na metade da prova, eles bateram rodas numa disputa ferrenha que até tirou Hamilton da pista. "Ter uma batalha como essa contra um tetracampeão é incrível”.

O inglês acabou levando a melhor porque a Mercedes fez melhores escolhas nas trocas de pneus. Na primeira, Hamilton colocou compostos médios, mais resistentes e mais lentos. E, na segunda, compensou com os macios, mais fáceis de degradar, porém mais velozes.

"Se tivéssemos utilizado os mesmos pneus, não teria sido tão empolgante a corrida. E, no final, eu consegui administrar bem o desgaste dos meus pneus", analisou o inglês. "Eu só tenho a agradecer ao meu time. Eles fizeram um grande trabalho com a estratégia e as paradas”.