0:00
0:00

Após títulos em Wimbledon, Federer e Melo/Kubot garantem vaga no ATP Finals

  • Por Estadão Conteúdo
  • 17/07/2017 11h33
EFEEFEFederer conquistou o seu oitavo título na grama de Wimbledon

Com antecedência de quatro meses, Roger Federer e os duplistas Marcelo Melo e Lukasz Kubot garantiram a classificação para a disputa do ATP Finals, em novembro, em Londres. O torneio que encerra a temporada reúne os oito melhores tenistas de simples e as oito melhores duplas do ano.

Federer assegurou uma das oito vagas ao se sagrar campeão de Wimbledon, no domingo (16). Com os pontos somados no ranking, garante por antecipação a classificação. Antes, ele fora campeão do Aberto da Austrália, dos Masters 1000 de Indian Wells e do Torneio de Halle. O suíço só não somou mais pontos que Rafael Nadal neste ano. O espanhol venceu Roland Garros e disputou mais torneios na temporada até agora (11 contra 9 de Federer).

Maior campeão da história do ATP Finals, com seis troféus, Federer vai disputar a competição pela 15ª vez. E retornará ao torneio após ficar de fora no ano passado, quando desistiu da temporada após Wimbledon para se recuperar de problemas físicos. “Já estou ansioso para voltar a Londres em novembro. Fiquei triste por não competir no ano passado. Eu adoro jogar lá e não perdia o torneio desde 2002.”

Por enquanto, somente Federer e Nadal estão garantidos na competição, que será disputada entre 12 e 19 de novembro, na Arena O2. Na briga pelas outras vagas, o austríaco Dominic Thiem ocupa o terceiro lugar do ranking da temporada, seguido pelo suíço Stan Wawrinka. Vice-campeão de Wimbledon, o croata Marin Cilic subiu para a quinta posição. Completam a lista provisória dos oito primeiros: o alemão Alexander Zverev, o sérvio Novak Djokovic e o escocês Andy Murray.

DUPLASO título em Wimbledon também assegurou Melo e Kubot no ATP Finals. Eles se tornaram a primeira dupla classificada para a restrita competição. O troféu em Londres coroou uma campanha incrível da dupla na curta temporada de grama, com três títulos em três competições diferentes, totalizando 14 vitórias consecutivas nas últimas semanas.

Melo e Kubot já formavam a melhor dupla da temporada, segundo o ranking da ATP. Com o título, ampliaram ainda mais a vantagem na ponta. Eles têm 6.160 pontos, contra os 4.070 do finlandês Henri Kontinen e do australiano John Peers, que eliminados pelos campeões nas semifinais em Wimbledon.

A grande campanha na grama londrina fez o brasileiro entrar para a história, ao encerrar um jejum de 51 anos sem títulos brasileiros em Wimbledon. De quebra, ele voltou ao topo do ranking individual das duplas.

Também na briga pela classificação, Bruno Soares está na terceira posição do ranking da temporada, formando dupla com o escocês Jamie Murray.