0:00
0:00

Assista ao vivo

Federer arrasa espanhol e avança à semifinal do Masters de Montreal

  • Por Estadão Conteúdo
  • 11/08/2017 17h30
EFERoger Federer bateu o espanhol Roberto Bautista Agut por 2 sets a 0, com duplo 6/4

Depois de levar um susto contra David Ferrer, Roger Federer encontrou mais facilidade para vencer outro espanhol nesta sexta-feira (11) e garantir seu lugar na semifinal do Masters 1000 de Montreal, no Canadá. O suíço derrotou Roberto Bautista Agut em sets diretos, com duplo 6/4, em apenas 1h08min.

Segundo cabeça de chave, Federer entrou em quadra nesta sexta como o principal favorito ao título porque o espanhol Rafael Nadal, cabeça um, foi eliminado na noite de quinta, diante do jovem canadense Denis Shapovalov. Com a queda precoce do rival, o suíço entrou na briga pela posição de número 1 do mundo.

Federer, atual número três do mundo, ainda não tem chances de assumir a ponta na próxima atualização da lista, na segunda-feira, mas poderia brigar com Nadal pelo topo no Masters de Cincinnati, na próxima semana. Já é certo que o escocês Andy Murray perderá a posição de líder do ranking porque vem se ausentando das competições. A briga ficará entre Federer e Nadal.

Para aumentar suas chances de voltar ao topo, o suíço fez mais uma vítima nesta sexta. Ele só foi ameaçado praticamente na segunda parcial. Na primeira, Federer obteve a primeira quebra do jogo no nono game e abriu 5/4 antes de fechar o set.

No segundo, ele começou quebrando o serviço do espanhol. Bautista Agut, porém, reagiu prontamente e devolveu a quebra. Mas o suíço não desanimou e voltou a se impor no saque do rival, atual 16º colocado do ranking. E não perdeu mais a vantagem até sacramentar o match point.

Federer terminou a partida com 24 bolas vencedoras, contra apenas oito do espanhol. Ao arriscar mais, falhou na mesma proporção. Por isso acumulou 25 erros não forçados, contra 15 de Bautista Agut.

Na briga por mais uma final na temporada – a sexta -, Federer vai encarar na semifinal o holandês Robin Haase, que avançou na chave ao superar o argentino Diego Schwartzman por 4/6, 6/3 e 6/3. Federer e Haase se enfrentaram apenas uma vez no circuito profissional, com vitória do suíço em 2012, em jogo válido pela Copa Davis.