Federer atropela canadense em Montreal na primeira partida após vencer Wimbledon

  • Por Estadão Conteúdo
  • 09/08/2017 15h16
EFEFederer teve a sua primeira vitória desde o título em Wimbledon

O suíço Roger Federer segue em grande fase na temporada 2017. Aos 36 anos, o tenista vive um dos melhores momentos da carreira e mostrou isso na estreia do Masters 1000 de Montreal, nesta quarta-feira (9). Sem qualquer dificuldade, o cabeça de chave número 2 do torneio atropelou o anfitrião Peter Polansky por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/1.

Federer precisou de somente 53 minutos para despachar o 116º colocado no ranking da ATP e avançar à terceira rodada. O suíço folgou na primeira rodada da competição e, por isso, disputou nesta quarta somente a primeira partida desde o dia 16 de julho, quando derrotou Marin Cilic e ficou com o título em Wimbledon.

Em 2017, Federer sofreu somente duas derrotas até o momento, em 34 partidas disputadas. Para levar a melhor nesta quarta-feira, o suíço aproveitou quatro das sete oportunidades de quebra que teve e, sem maiores dificuldades, salvou os dois break points que cedeu.

No total, são nada menos do que 93 títulos na carreira para o suíço, que tenta o 94º em Montreal. O tenista também busca seu terceiro troféu no Canadá, onde foi campeão em 2005 e 2006.

Agora, ele aguarda para conhecer seu adversário na terceira rodada. O suíço terá pela frente o vencedor do confronto entre o norte-americano Jack Sock, cabeça de chave número 15, e o experiente espanhol David Ferrer, 33º colocado no ranking da ATP.

Em outra partida encerrada nesta quarta em Montreal, o holandês Robin Haase também se garantiu na terceira rodada. O número 52 do mundo não encontrou dificuldades para eliminar o norte-americano Ernesto Escobedo por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/1.