Rodrigo Kede, 48 anos, presidente da IBM do Brasil, o mais jovem executivo a assumir a cadeira da presidência da empresa, uma das maiores do mundo na área da informática. Formado em engenharia mecânica pela PUC-RJ e com MBA em Finanças pelo Instituto Brasileiro de Mercados de Capital

O que fazer por um Brasil melhor?

Na visão do presidente da IBM, três pontos devem estar na lista de qualquer governo brasileiro: investimento pesado em infraestrutura, em educação e reforma de valores.

"A gente tem um problema sério de competitividade e produtividade nesse país. (...) Eu acho que com essas três coisas a gente consegue transformar o Brasil daqui a 10 ou 15 anos em uma nação desenvolvida", disse Kede.

Segundo ele, os ítens citados são de longo prazo, mas é preciso apostar neles a partir de agora.