Câmara de São Paulo aprova privatização do Anhembi

  • Por Jovem Pan
  • 05/12/2017 21h34

Paulo Pinto/Fotos Públicas

Prefeitura deverá investir na zona norte 20% do valor arrecadado com a venda do Anhembi

Por 34 votos a 11 e 3 abstenções, a Câmara Municipal de São Paulo aprovou, nesta terça-feira (5), o projeto de privatização do Complexo do Anhembi e da SP Turis. A matéria segue para sanção e faz parte do plano de desestatização do prefeito João Doria.

O texto final traz duas emendas. A primeira determina que 20% do valor arrecadado com a futura venda seja investido na zona norte da capital. Enquanto a outra garante que os 350 funcionários do SP Turis não serão demitidos.

O Complexo do Anhembi também ficará reservado 45 dias do ano para o carnaval e 30 dias para eventos religiosos.