0:00
0:00

Chile anuncia paralisação temporária de importações de carne do Brasil

  • Por Estadão Conteúdo
  • 20/03/2017 15h15
BRA07. RÍO DE JANEIRO (BRASIL), 17/03/2017.- Una mujer compra carne hoy, viernes 17 de marzo de 2017, en Río de Janeiro (Brasil). La Policía Federal brasileña desarticuló hoy una gigantesca red criminal, que involucraba a varias de las mayores productoras de carnes del país y que sobornaba a fiscales sanitarios para poder vender carne adulterada, no apta para el consumo y hasta vencida, informaron fuentes oficiales. EFE/Marcelo SayãoEFE/Marcelo SayãoMulher compra carne no Rio de Janeiro EFE

O governo do Chile, por meio do Ministério da Agricultura, anunciou nesta segunda-feira a interrupção temporária de suas importações de carne do Brasil. De acordo com o ministério, a intenção é obter do País informações sobre se há frigoríficos autorizados a exportar para o Chile entre os alvos de suspeita na Operação Carne Fraca da Polícia Federal.

“O Ministério de Agricultura anuncia o fechamento do mercado brasileiro de carne bovina até ter detalhes sobre o eventual impacto nas importações dessa origem”, afirmou a pasta no Twitter, enfatizando que a paralisação é temporária, até obter mais informações sobre o assunto.

O ministro da Agricultura chileno, Carlos Furche, disse à imprensa local que o governo analisa desde o sábado os impactos da investigação no setor no Brasil. Furche informou que 50% da carne consumida no Chile é importada e que, entre as carnes compradas do exterior, cerca de 30% são do Brasil. Segundo a autoridade, havia até o momento 52 frigoríficos de diferentes empresas com autorização para exportar ao Chile.