0:00
0:00

Maníaco do Ibirapuera pode ter cometido seis estupros; Polícia pede auxílio de potenciais vítimas

  • Por Jovem Pan
  • 13/09/2017 17h27
Reprodução-TV GloboCláudio Aquino dos Santos Mariano, conhecido como "maníaco do Ibirapuera" cometeu três estupros na última sexta-feira

A Polícia Civil prendeu na noite de terça-feira (12), o estuprador conhecido como “maníaco do Ibirapuera”. Cláudio Aquino dos Santos Mariano, 44 anos, é suspeito de ter cometido pelo menos três crimes sexuais no último final de semana e agia nas redondezas do Parque do Ibirapuera, zona sul de São Paulo. Cinco vítimas já reconheceram o suspeito, entre elas uma jovem de 17 anos.

Em entrevista à Jovem Pan, o delegado da Polícia Civil, Anderson Giampaoli, esclarece que o rapaz foi preso em seu local de trabalho, logo após um trabalho de inteligência e o cruzamento de dados do sistema Detecta. “Ele já havia tentado um estupro há 35 dias na região do Morumbi, porém a vítima conseguiu se desvincilhar e saltar do veículo. Desde então, nós vinhamos fazendo a investigação, e na última sexta-feira, nós descobrimos que ele havia agido novamente e cometido três estupros consumados…como as características eram semelhantes, a Polícia Civil, por meio do trabalho de Inteligência e do Sistema Detecta conseguiu chegar ao veículo dele”, explicou Giampaoli.

Além dos três crimes já confirmados, o maníaco pode ter cometido pelo menos seis estupros e deve cumprir de seis a 10 anos de reclusão para cada crime. “Nós vamos requerer a prisão preventiva e ele ficará à disposição da Justiça para responder por pelo menos esses seis crimes dos quais foi reconhecido”, ressaltou o delegado.

A Polícia Civil pede que mulheres que tenham sido abusadas pelo criminoso procurem a 96ª Delegacia de Polícia, no Brooklin, para formalizar a denúncia.

*Com informações do repórter Vitor Moraes