Um homem de 30 anos foi assassinado, no final da noite deste domingo, durante uma festa movida a muito pagode dentro de um lava-rápido na Avenida Dr. Luís Arrobas Martins, que fica na zona Sul de São Paulo. Baleado no pescoço após uma confusão que começou durante a festa, o homem ainda foi levado ao Pronto-Socorro do Grajaú, mas não resistiu.

O principal suspeito é outro homem, que estava envolvido na confusão, foi embora e ameaçou voltar armado ao lava-rápido, em que estavam cerca de 300 pessoas. Outras cinco pessoas ficaram feridos por causa do tiroteio, duas delas em estado grave, e a Polícia Civil pediu as imagens do circuito interno de segurança para tentar identificar o atirador.